Participe
Direito ao intercâmbio e cooperação cultural
Consulta Pública - Direito ao intercâmbio e cooperação cultural
Consulta Pública - Direito ao intercâmbio e cooperação cultural Todos os temas
Esse direito visa garantir que os conteúdos e valores presentes nas criações artísticas e nas diferentes expressões culturais locais e nacionais:
- Circulem sem restrições no território brasileiro;
- Sejam levados ao restante do mundo, promovendo a interação desses bens com seus equivalentes estrangeiros.

Os programas e as ações de intercâmbio e difusão buscam, assim, ampliar a comunicação e os meios de troca de informação entre os agentes culturais, promovendo condições para iniciativas compartilhadas e para a cooperação local, regional, nacional e internacional. Também visam possibilitar o intercâmbio e a troca de experiências entre as diversas identidades presentes no Estado.

- Como estimular o intercâmbio e a difusão da cultura mineira entre as regiões do Estado e no Brasil e no exterior? Como possibilitar que nossos bens culturais e criações artísticas circulem sem restrições no território brasileiro e sejam levados ao restante do mundo, promovendo interação desses bens com seus equivalentes estrangeiros?

Para participar, é preciso ter cadastro no Portal da Assembleia de Minas.
- Você tem cadastro no Portal? Faça o login e participe!
- Não tem cadastro no Portal? Cadastre-se para então fazer o login.

Contribuições do tema: Direito ao intercâmbio e cooperação cultural

Mostrando de 1 a 6 de 6 contribuições

Data Ordenar por data Contribuições Positivas Negativas
18/mai
18:51
Por Michelle Cristina Alves Silva | Flores de Jorge Cia Cênica | Âmbito Estadual | Uberaba/MG Acredito que o fomento à produções independentes, que comprovadamente apresentem a impossibilidade de custeio de participar de eventos internacionais como representantes do Brasil e que apresentem propostas de conteúdos e estéticas de nossa identidade nacional e que, por exemplo, proponham o intercâmbio entre culturas latino-americanas deveriam ser reforçadas. Mais do que potencializar o intercâmbio entre grandes produções ou de grupos já expressivos consolidados no cenário nacional e internacional, é importante o edital de fomento a intercâmbio de trabalhos de artistas independentes, que têm muitas dificuldades de realizarem a circulação de seus trabalhos.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

0
0
13/mai
13:24
Por Marcia de Andrade | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Articular o conhecimento a cerca das culturas indígenas presentes no Estado, com a participação das etnias, disponibilizando as informações e promovendo os direitos culturais desses povos.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

0
0
13/mai
13:21
Por Marcia de Andrade | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Articular iniciativas existentes e propor novas ações para o desenvolvimento da economia solidária em cultura, na produção, circulação e distribuição de bens culturais.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

0
0
13/mai
13:20
Por Marcia de Andrade | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Estabelecer alianças estratégicas com a área de comunicação publica para a produção de conteúdos artísticos, jornalísticos e de formação de público para a cultura.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

0
0
10/mai
17:14
Por José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Estabelecer um programa estadual de mobilidade de artistas, voltado a facilitar o deslocamento e estadia de artistas e grupos pelo estado. Isso pode ser feito por meio de acordos operacionais com empresas de transporte para criação de uma espécie de "tarifa cultural" com condições especiais para artistas e grupos, bem como articulação com o setor de turismo e comércio.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

0
0
10/mai
17:10
Por José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG A regionalização (valorização da cultura local em cada território do desenvolvimento ), a descentralização (financeira e administrativa) e a promoção do diálogo intercultural devem assumir um caráter estruturante nas políticas culturais no estado. Desta forma, editais de apoio a mostras regionais, editais descentralizados, pelo menos 3 reuniões itinerantes do consec no ano, levantamento e estudo sobre as contribuições culturais dos diversos grupos formadores da população mineira e o estímulo ao intercâmbio em particular com a Ibero América e a Comunidade dos países de língua portuguesa
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

0
0


páginas 1/1
Ir para Ir para

Login

Entrar


Quantidade de contribuições

Todas: 6
Removidas pelo moderador (total): 0



Contribuições por tema