Notícias

Fim da oferta de ensino médio regular na Escola Tito Fulgêncio motiva visita

Comissão de Educação averigua, nesta segunda (1º), condições da escola estadual e debate soluções com os gestores.

27/03/2024 - 14:15
Imagem

Para averiguar as condições de matrícula e funcionamento das turmas da Escola Estadual Tito Fulgêncio, na Capital, a Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) visita o estabelecimento nesta segunda-feira (1º/4/24). A reunião será às 15 horas e foi solicitada pela presidenta do colegiado, deputada Beatriz Cerqueira (PT). A escola se localiza na Rua Jacuí, 2.357, Bairro Renascença, região Nordeste de Belo Horizonte.

Botão

Informações do gabinete da parlamentar dão conta que a comunidade escolar da Tito Fulgêncio está insatisfeita e apreensiva com a redução das turmas de ensino médio. Segundo o perfil de Instagram @todospelotito, servidores, estudantes e pais estão exigindo o cumprimento da Lei 24.482 de 2023. A norma garante a oferta de ensino médio regular conforme a necessidade da comunidade e solicitação do colegiado escolar.

Membros desse grupo afirmam que a Escola Tito Fulgêncio tem hoje apenas quatro turmas do ensino médio integral, não contando mais com a opção do ensino médio regular. Há alguns anos, eram 10 turmas de ensino médio regular. Insatisfeitos, integrantes da comunidade escolar reivindicaram a volta dessa modalidade junto à Secretaria de Estado de Educação, que não atendeu aos pedidos.

Ainda de acordo com o @todospelotito, a intransigência da SEE ao negar o atendimento das reivindicações parece indicar um projeto em curso do Governo de Minas no sentido de esvaziar a E.E. Tito Fulgêncio, deteriorando o ensino médio como um todo.

Na visita desta segunda-feira (1º), está prevista a participação da diretora do estabelecimento, Shirley Simony Pessoa Muzzi.

Receba as notícias da ALMG

Cadastre-se no Boletim de Notícias para receber, por e-mail, as informações sobre os temas de seu interesse.

Assine