Notícias Rss

Combate ao coronavírus tem ações efetivas dos deputados
24/02/2021 16h35

ALMG economiza e devolve mais R$ 80 milhões para a saúde

Campanha institucional lançada nesta quarta-feira (24) destaca essa e outras ações de gestão do Legislativo mineiro.

Quase meio bilhão de reais. Com uma gestão responsável, ética e transparente, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) economizou e devolveu essa quantia para a saúde do Estado entres os anos de 2019 e 2021. Em 2019 foram R$ 46 milhões devolvidos ao Executivo; em 2020, a ALMG destinou R$ 300 milhões em emendas parlamentares para o enfrentamento da pandemia. Ainda no ano passado, a Casa firmou convênio com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para destinação de R$ 1,5 milhão do orçamento da ALMG para ações e pesquisas relacionadas ao enfrentamento do coronavírus.

A iniciativa em prol da sociedade, procurando mostrar que é possível reduzir custos e defender os interesses dos mineiros, é o tema da campanha institucional da Assembleia, lançada nesta quarta-feira (24/2/21), nos principais canais de comunicação do Estado. Até o final de março, jornais, emissoras de televisão e rádio, além de sites, irão veicular as peças publicitárias, que destacam a redução de custos da Casa no período.

Nesta terça-feira (23), o presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus (PV), se reuniu com o governador Romeu Zema para entregar um cheque simbólico de R$ 80 milhões, quantia economizada do orçamento do Legislativo mineiro em 2020. Com esse montante, seria possível, por exemplo, adquirir o equivalente cerca de 4,7 milhões doses da vacina Oxford/AstraZeneca, ao custo de R$ 16,93 cada unidade, segundo dados da Agência Lupa com câmbio do dólar do dia 12 de fevereiro.

“Esta é uma prova inequívoca dos esforços de deputadas, deputados e de todo o corpo de servidores da Assembleia no sentido de reduzir as despesas internas. São medidas de austeridade, sempre com foco no cidadão”, declarou Agostinho Patrus.

De acordo com o deputado, o Parlamento estadual já vem adotando, há alguns anos, uma política de redução de gastos e demonstra, mais uma vez, sensibilidade com relação ao momento atual, de crise financeira e sanitária. “A Assembleia deixa de gastar com sua própria estrutura para direcionar recursos diretamente no bem-estar das pessoas”, completou.

Além da devolução dos R$ 80 milhões, a campanha institucional aborda outras ações realizadas pela Assembleia que demonstram a sensibilidade do Parlamento mineiro com o atual momento de crise financeira e sanitária. Elas reforçam o comprometimento da instituição com o bem-estar da população e a sua contribuição ao Estado e à harmonia entre os Poderes.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

24/06/2021

Municipalização do ensino no Norte de Minas é criticada

Sindicalistas alegam que proposta do governo sobrecarregaria as prefeituras, sem contrapartida de repasses suficientes.

24/06/2021

Pronto para Plenário projeto sobre intercâmbio estudantil

Comissão de Educação opinou a favor da aprovação do PL 2.208/20, que cria programa "De Minas para o Mundo".

24/06/2021

Veto à ampliação da área mineira da Sudene gera protestos

Impasse na tramitação do projeto do acordo com a Vale também foi destacado durante Reunião Ordinária do Plenário.

24/06/2021

Comissão das Privatizações elege presidente e vice

Parlamentares irão debater vantagens e desafios da venda de estatais e apresentar propostas para o melhor modelo.

25/06/2021 Definidos deputados que irão fazer parte da CPI da Cemig
00:03:12 | Download (3001kb)

24/06/2021 Os prós e contras das privatizações em Minas
00:01:57 | Download (3669kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter