Notícias Rss

Assembleia entrega R$ 80 milhões ao Estado
Deputados reduzem gastos e devolvem R$ 80 milhões aos cofres de Minas
Agostinho Patrus (à esquerda) pontuou que a economia resulta de um esforço dos 77 parlamentares e também dos servidores
Agostinho Patrus (à esquerda) pontuou que a economia resulta de um esforço dos 77 parlamentares e também dos servidores - Foto:Daniel Protzner
23/02/2021 17h50 - Atualizado em 26/02/2021 17h52

Assembleia economiza R$ 80 milhões para aplicação em saúde

Recursos poupados durante o ano de 2020 foram devolvidos ao Poder Executivo nesta terça-feira (23).

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) devolveu ao Poder Executivo, nesta terça-feira (23/2/21), R$ 80 milhões economizados pelo Parlamento mineiro durante o ano de 2020. Em solenidade realizada no Salão Nobre, o presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus (PV), realizou pessoalmente a entrega dos recursos ao governador Romeu Zema (Novo), por meio de um cheque simbólico.

Agostinho Patrus afirmou que a Assembleia cumpre sua obrigação ao contribuir para o enfrentamento da pandemia e outros recentes desastres, tais como as chuvas e inundações que já causaram mortes no interior de Minas, neste fevereiro de 2021. “Em meio a tantas adversidades que enfrentamos em nosso Estado, é um dever de todos contribuir”, declarou o deputado, acrescentando que a economia resulta de um esforço de todos os 77 parlamentares e também dos servidores.

O governador Romeu Zema afirmou que o montante economizado pela Assembleia será integralmente destinado à área da saúde, principalmente tendo em vista que os repasses federais para o setor ainda não chegaram em 2021. “Quero agradecer enormemente essa ajuda, que vem em um momento tão oportuno. Agradeço essa economia, que é um exemplo para todo o Brasil”, afirmou o governador.

Romeu Zema disse que os R$ 80 milhões devem financiar a demanda crescente de atendimentos em enfermarias e unidades de tratamento intensivo (UTIs) decorrente do recrudescimento da pandemia de Covid-19 em Minas e no País.

Ainda sobre a pandemia, o governador Romeu Zema admitiu a possibilidade de que Minas, junto com outros estados, adquira diretamente vacinas contra o novo coronavírus, caso o governo federal não forneça os imunizantes em um ritmo adequado. Essa compra direta foi autorizada nesta mesma terça-feira pelo Supremo Tribunal Federal.

Apesar disso, o governador afirmou que a União se comprometeu a repassar para Minas, no próximo mês, o triplo de vacinas que o Estado recebeu em janeiro e fevereiro. Sobre a questão, o deputado Agostinho Patrus afirmou que os R$ 80 milhões economizados possibilitariam a compra, por Minas Gerais, de mais de 4,7 milhões de doses de vacinas.

Contribuições – Esta não é a primeira vez que o Poder Legislativo devolve, aos cofres públicos, recursos economizados durante a atual legislatura. Durante solenidade realizada em 16 de dezembro de 2019 para entrega de relatório sobre o 2º ciclo do Assembleia Fiscaliza, o presidente Agostinho Patrus formalizou a devolução, ao Poder Executivo, de R$ 46 milhões economizados pelo Parlamento em 2019.

Na ocasião, os deputados recomendaram ao Poder Executivo que os recursos fossem investidos na área da saúde, ainda antes que a pandemia chegasse ao Brasil. A economia alcançada em 2019 foi resultado, sobretudo, de uma redução dos deslocamentos pelo Estado e de adaptações na gestão da instituição.

No início de 2020, outras iniciativas da Assembleia para ampliar os investimentos públicos em saúde foram o remanejamento de emendas parlamentares, em um valor de R$ 300 milhões, e a destinação de quase R$ 2 milhões para o financiamento de consultas médicas e outras ações promovidas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Essas iniciativas em prol da sociedade, mostrando que é possível reduzir custos e defender os interesses da população, são o tema da campanha institucional da Assembleia, lançada na quarta-feira (24), nos principais canais de comunicação do Estado.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

05/03/2021

Comissão quer visitar Ocupação Vitória, em Diamantina

Direitos Humanos também aprova nesta sexta (5) audiências para debater mineração e PEC do pacto federativo.

05/03/2021

Assembleia define a composição de 21 comissões

Presidentes e vices também já foram escolhidos, mas reuniões serão suspensas por causa da pandemia.

05/03/2021

Violência obstétrica e feminicídio serão temas de audiências

Comissão também pretende discutir questões como a alienação parental e o incentivo ao aleitamento materno.

05/03/2021

ALMG abre evento pelo Dia da Mulher com relatos da pandemia

Sempre Vivas começa na segunda (8), às 10h, com programação remota sobre os desafios impostos às mulheres pela Covid-19.

08/03/2021 Politiza #28: Mulheres na Ciência - Uma conquista a cada passo
00:00:00 | Download (80477kb)

08/03/2021 Covid-19 - Agravamento da pandemia exige novo ajuste no funcionamento do Legislativo
00:00:00 | Download (2563kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter