A Comissão de Participação Popular também já debateu o tema, após ter feito visita à maternidade

Comissão discute fechamento de unidades de saúde em Betim

Maternidade Pública de Betim Haydée Espejo Conroy e unidades do SUS estariam sucateadas e ameaçadas de fecharem.

08/04/2016 - 12:45 - Atualizado em 08/04/2016 - 13:53

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizará audiência pública, nesta quarta-feira (13/4/16), para discutir o possível fechamento da Maternidade Pública de Betim Haydée Espejo Conroy e de unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) de Betim (Região Metropolitana de Belo Horizonte). A reunião, solicitada pelo deputado Geraldo Pimenta (PCdoB), será às 15 horas, no Plenarinho IV.

O parlamentar, que já foi vereador em Betim e, como médico, diz conhecer de perto o diagnóstico de saúde da cidade, denuncia a má gestão e a falta de planejamento como causas da crise na área da saúde. "Não podemos aceitar o fechamento de uma maternidade que é referência em Minas. Betim tem uma receita anual de quase R$ 2 bilhões e não pode aceitar o fechamento desta importante maternidade e das outras unidades de saúde", disse o parlamentar.

Segundo Geraldo Pimenta, a Assembleia de Minas, o Ministério Público, a Secretaria de Estado de Saúde, vereadores e servidores da área têm discutido medidas para socorrer a saúde em Betim.

Convidados - Foram convidados a promotora de justiça de Defesa dos Direitos dos Deficientes e Proteção aos Idosos e Defesa da Saúde, Giovanna Carone Nucci Ferreira; o secretário Municipal da Saúde de Betim, Rasível dos Reis Santos Júnior; o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Betim, Carlos Alberto dos Santos; as coordenadoras do Núcleo Betim do Sind-Saúde do município, Berenice de Freitas Diniz e Maria da Conceição Silva Pimenta; o presidente da Câmara Municipal de Betim, vereador Marcos Antônio da Paz; a presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Betim, vereadora Elza Marques; o vereador da Câmara Municipal de Betim, Tiago Santana; e o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, João Alves de Almeida.