Notícias Rss

Em Reunião Extraordinária, Plenário acatou importantes projetos em favor da agropecuária
Em Reunião Extraordinária, Plenário acatou importantes projetos em favor da agropecuária - Foto:Luiz Santana
Plenário vota projetos de lei
08/06/2021 13h08

PL que favorece produtor rural é aprovado em 1º turno

Matéria que incentiva a apicultura em Minas Gerais também foi apreciada na Reunião Extraordinária de Plenário.

Duas matérias importantes para a agricultura mineira foram aprovadas, em 1º turno, no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na manhã desta terça-feira (8/6/21). Uma delas é o Projeto de Lei (PL) 1.997/20, do deputado Coronel Henrique (PSL), o qual prevê que o produtor rural mineiro que não comprovar a vacinação do rebanho contra a febre aftosa, a brucelose e a raiva, dentro do prazo legal, poderá solicitar que a multa recebida seja convertida em advertência. Nesse caso, porém, o autuado não poderá ser reincidente, e a ocorrência deverá ser “plenamente justificável”.  

Consulte o resultado e assista ao vídeo completo da reunião.

A matéria altera a Lei 10.021, de 1989, que estabelece as normas para a vacinação obrigatória contra essas doenças nos herbívoros do Estado, e foi aprovada em sua forma original. 

A transformação da multa em advertência contempla, por exemplo, casos em o que o produtor vacinou o rebanho, mas teve dificuldades em comprovar a vacinação, por causa das alterações em procedimentos de fiscalização durante a pandemia de Covid-19.

A conversão será feita pelo órgão ou pela entidade de controle e de defesa sanitária competente. O PL 1.997/20 retorna agora para a Comissão de Agropecuária e Agroindústria.

Apicultura – Também foi aprovado em 1º turno e em sua forma original o PL 1.156/19, que trata do incentivo à apicultura no Estado

De autoria do deputado Leonídio Bouças (MDB), o projeto atualiza a Lei 14.009, de 2001, a partir do desenvolvimento da política agrícola e da evolução do entendimento sobre a importância da apicultura, ocorrida desde sua publicação.

O texto determina que o Estado adote medidas de incentivo ao desenvolvimento da apicultura, em consonância com a Política Estadual de Desenvolvimento Agrícola. Também destaca que as abelhas e demais espécies de insetos melíferos ou polinizadores nativos, além da flora melífera nativa, “são objeto de proteção, conservação e preservação”.

O projeto ainda fixa várias diretrizes para essa política de incentivo, entre as quais a certificação da produção de mel e o incentivo ao consumo do produto; o desenvolvimento de pesquisas e a assistência técnica aos apicultores; e a fiscalização do uso de agrotóxicos nocivos às abelhas.

A Comissaõ de Agropecuária e Agroindústria analisará novamente o PL 1.156/19.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

13/01/2022

Assembleia destina R$ 106,5 milhões para vítimas das chuvas

Verba foi economizada pelos deputados em 2021 e foi devolvida ao Executivo nesta semana.

12/01/2022

Abertas inscrições para curso sobre Política e Direito

Disciplina da especialização em Poder Legislativo e Políticas Públicas pode ser cursada de maneira isolada.

11/01/2022

Assembleia entrega donativos para Cruz Vermelha

Doações coletadas pela ALMG serão direcionadas para o distrito de Honório Bicalho, em Nova Lima, atingido pelas chuvas.

08/01/2022

Nota oficial - Chuvas em Minas Gerais

ALMG acompanha desdobramentos das ocorrências provocadas pelos temporais que assolam ininterruptamente o Estado.

17/01/2022 ALMG destina R$ 106,5 milhões aos municípios afetados pela chuva
00:03:18 | Download (3102kb)

14/01/2022 Especial Fome - Doações despencam fora de campanhas
00:02:35 | Download (2424kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter