Notícias Rss

Máscaras podem ser obrigatórias contra coronavírus
Seu browser não suporta flash player
A aprovação dos projetos nesta quinta (16) foi feita por meio de uma ferramenta que registra em tempo real os votos individuais a distância
A aprovação dos projetos nesta quinta (16) foi feita por meio de uma ferramenta que registra em tempo real os votos individuais a distância - Foto:Henrique Chendes
Deputados aprovam obrigatoriedade do uso de máscaras em estabelecimentos
16/04/2020 16h18

Aprovado uso obrigatório de máscaras de proteção no Estado

Medida é válida para profissionais que prestam atendimento a clientes e usuários de serviços públicos e privados.

O Projeto de Lei (PL) 1.661/20, do deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), que torna obrigatória a utilização de máscaras de proteção no Estado, foi aprovado nesta quinta-feira (16/4/20), em turno único, pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Originalmente, a proposição estabelecia essa obrigatoriedade nos estabelecimentos comerciais. Contudo, os parlamentares tornaram a proposta mais abrangente, com a aprovação do substitutivo nº 1, apresentado pelo deputado Ulysses Gomes (PT), relator da matéria.

Consulte o resultado e assista ao vídeo completo da reunião

O novo texto prevê que a medida seja cumprida por profissionais que prestam atendimento ao público em órgãos e entidades públicos, nos sistemas penitenciário e socioeducativo, nos estabelecimentos comerciais, industriais, bancários, rodoviários e metroviários, nas instituições de acolhimento de idosos, nas lotéricas e nos serviços de transporte público e privado de passageiros de competência estadual.

Também deverão ser disponibilizados nesses ambientes outros recursos necessários para a prevenção da pandemia causada pelo coronavírus, enquanto perdurar em Minas Gerais o estado de calamidade pública causado pela doença.

Todos esses órgãos, entidades e estabelecimentos deverão fornecer as máscaras e os demais itens de prevenção e proteção gratuitamente aos seus funcionários. Sempre que possível, também serão ofertados aos consumidores e usuários dos serviços recursos para sua higienização pessoal.

Serão adotadas, ainda, outras medidas de prevenção que se fizerem necessárias, como a organização de atendimentos para que se evite aglomerações.

O descumprimento das medidas estabelecidas sujeitará os infratores a sanções previstas no Código de Saúde do Estado ou no Código de Defesa do Consumidor.

Matérias anexadas – Conforme dispõe o Regimento Interno da Assembleia, foram anexados ao projetos os PLs 1.794/20, do deputado Alencar da Silveira Jr., 1.826/20 e 1.827/20, do deputado Doutor Jean Freire (PT), e 1.832/20, do deputado Raul Belém (PSC), por semelhança de objeto.

O substitutivo nº 1 incorporou medidas propostas nessas proposições e sugestões da deputada Andréia de Jesus (Psol) e dos deputados Raul Belém, Doutor Paulo (Patriotas), Guilherme da Cunha (Novo), Mauro Tramonte (Republicanos) e Sargento Rodrigues (PTB).

Votação remota – Desde a última terça-feira (14), os deputados tem utilizado uma nova ferramenta em Plenário, desenvolvida por técnicos da Casa, no âmbito do Sistema de Informações Legislativas de Minas Gerais (Silegis-MG), para registro em tempo real dos votos individuais a distância.

Na ocasião do lançamento da ferramenta, o presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus (PV), destacou que diversas empresas ofereceram ferramentas de votação remota à Assembleia, por valores elevados, mas que a Casa optou pelo sistema desenvolvido por seus próprios servidores, sem custos adicionais.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

29/09/2020

Parlamentares divergem sobre processos contra diretoras

Aposentadas, servidoras que dirigiram escolas correm risco de perder parte dos salários e devolver valores já recebidos.

29/09/2020

TV Assembleia exibe programa com astrônomo Renato Las Casas

Neste sábado (3), Memória & Poder traz a trajetória do coordenador do Observatório de Astronomia da UFMG.

29/09/2020

Designados deputados que analisarão PEC 59/20

Proposta cria novo instrumento jurídico para combater o desrespeito a princípios fundamentais da Constituição.

29/09/2020

Segurança Pública convoca secretário para debater efetivo

Comissão quer saber motivo da não nomeação de excedentes e da não realização de concursos, apesar do deficit de pessoal.

30/09/2020 Eleições municipais - Cidadão pode consultar dados sobre pedidos de candidaturas
Seu browser não suporta flash player
00:01:00 | Download (946kb)

30/09/2020 Reforma da Previdência - É servidor estadual e quer saber de quanto será o seu desconto a partir de dezembro?
Seu browser não suporta flash player
00:01:51 | Download (1744kb)
Pesquisa Portal
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter