Em audiência realizada em 2017, servidores falaram do atraso no repasse aos médicos e às instituições de saúde

Comissão visita Instituto de Previdência dos Militares

Os deputados pretendem conhecer a situação financeira da instituição, que estaria sofrendo com desvio de recursos.

02/02/2018 - 08:06 - Atualizado em 02/02/2018 - 12:25

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) visita, nesta segunda-feira (5/2/18), às 10h30, o Instituto de Previdência dos Servidores Militares (IPSM), localizado na Rua Paraíba, 576, Savassi, Belo Horizonte. O objetivo é conhecer a situação financeira e administrativa da instituição, que estaria sofrendo com desvios de recursos por parte do Tesouro do Estado, prejudicando a assistência médica e odontológica dos militares.

A realização da visita foi solicitada pelos deputados Sargento Rodrigues (PDT), presidente da comissão; João Leite (PSDB) e Coronel Piccinini (PSB). Também está prevista a realização de um ato público pelos servidores militares, às 11 horas, em frente ao IPSM.

As denúncias sobre os desvios de recursos aconteceram em audiência pública da comissão realizada no dia 20 de novembro de 2017. Na ocasião, representantes dos servidores militares explicaram que o Governo do Estado estaria em atraso de quatro meses no repasse aos médicos e às instituições de saúde credenciados no Instituto.

De acordo com Sargento Rodrigues, na época, os dados do Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado (Siafi-MG) apontavam quase R$ 600 milhões em retenções, incluindo as contribuições patronais. Segundo representantes dos servidores, a falta de repasse estaria dificultando o atendimento médico e odontológico dos militares pelo IPSM.

Convidados – Foram convidados para participar da visita representantes dos servidores militares, entre outros.

Consulte a lista completa de convidados para a reunião.