Notícias Rss

12/12/2017 20h31

Plenário aprova proibição de testes de cosméticos em animais

Projeto veda a utilização de animais para desenvolvimento de perfumes e de produtos de higiene pessoal.

O Projeto de Lei (PL) 2.844/15, dos deputados Fred Costa (PEN) e Noraldino Júnior (PSC), que proíbe a utilização de animais em testes para o desenvolvimento de cosméticos, foi aprovado em 1° turno no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na Reunião Extraordinária desta terça-feira (12/12/17).

A proposição foi aprovada na foma do substitutivo n° 1, da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O texto votado mantém a vedação, prevista no original, da utilização de animais para desenvolvimento, experimento e teste de perfumes e produtos cosméticos e de higiene pessoal e seus componentes.

O substitutivo traz a definição desses produtos: preparações constituídas por substâncias naturais ou sintéticas de uso externo nas diversas partes do corpo humano, como pele, sistema capilar, unhas, lábios, órgãos genitais externos, dentes e membranas mucosas da cavidade oral, com o objetivo exclusivo ou principal de limpá-las, perfumá-las, alterar sua aparência, alterar odores corporais, protegê-las ou mantê-las em bom estado.

Entretanto, o texto aprovado retira o restante dos dispositivos previstos no original, como a destinação dos valores recolhidos com multas e a competência da administração pública estadual do exercício do poder de polícia.

Original – O projeto original dispunha que o poder público poderia destinar os valores recolhidos com multas decorrentes de sua aplicação ao custeio das ações, publicações e conscientização da população sobre guarda responsável e direitos dos animais, a instituições, abrigos ou santuários de animais ou a programas estaduais de controle populacional por meio de esterilização cirúrgica de animais, bem como a programas que visem à proteção e ao bem-estar dos animais.

Na justificativa para apresentação do projeto, os autores destacam que a proibição dos testes é fundamental para a proteção dos animais, a fim de evitar que sejam submetidos a maus-tratos. Eles ainda apontam que a utilização dos animais é dispensável, já que inúmeras empresas nacionais e internacionais têm abolido essas práticas com sucesso.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

05/03/2021

Comissão quer visitar Ocupação Vitória, em Diamantina

Direitos Humanos também aprova nesta sexta (5) audiências para debater mineração e PEC do pacto federativo.

05/03/2021

Assembleia define a composição de 21 comissões

Presidentes e vices também já foram escolhidos, mas reuniões serão suspensas por causa da pandemia.

05/03/2021

Violência obstétrica e feminicídio serão temas de audiências

Comissão também pretende discutir questões como a alienação parental e o incentivo ao aleitamento materno.

05/03/2021

ALMG abre evento pelo Dia da Mulher com relatos da pandemia

Sempre Vivas começa na segunda (8), às 10h, com programação remota sobre os desafios impostos às mulheres pela Covid-19.

08/03/2021 Politiza #28: Mulheres na Ciência - Uma conquista a cada passo
00:00:00 | Download (80477kb)

08/03/2021 Covid-19 - Agravamento da pandemia exige novo ajuste no funcionamento do Legislativo
00:00:00 | Download (2563kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter