Carga horária de servidores da saúde preocupa deputados

Comissão também vai discutir o plano de carreira dos trabalhadores do Hospital Governador Israel Pinheiro.

15/04/2016 - 15:09 - Atualizado em 15/04/2016 - 18:10

A redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais e a revisão do plano de carreira dos servidores do Hospital Governador Israel Pinheiro será tema de audiência pública da Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na próxima terça-feira (19/4/16). A reunião será às 14h30 no Espaço José Aparecido de Oliveira e foi solicitada pelo deputado Rogério Correia (PT).

De acordo com a assessoria do parlamentar, as demandas são dos servidores do Instituto de Previdência do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) e o debate deve abarcar trabalhadores de outras unidades hospitalares da entidade, no interior do Estado. A redução da carga horária, ainda segundo a assessoria do deputado, é a principal demanda e o governo mineiro estaria disposto a conceder o direito, mas de forma progressiva, a começar pelos plantonistas, como médicos e enfermeiros. Funcionários de áreas administrativas, por exemplo, não seriam beneficiados em um primeiro momento. 

Convidados – Foram convidados o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Miranda; o presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), Hugo Vocurca Teixeira; a presidente do Sindicato dos Servidores do Ipsemg, Maria Abadia de Souza; e a diretora de Relações Institucionais do Instituto de Ipsemg, Antonieta de Cássia Dorledo de Faria.