Notícias Rss

Campanha vai divulgar, por meio de depoimentos, como o auxílio foi importante para quem o recebeu
Campanha vai divulgar, por meio de depoimentos, como o auxílio foi importante para quem o recebeu - Foto:Divulgação
16/06/2022 00h01

Força-Família beneficiou um milhão de famílias na pandemia

Único benefício estadual pago a mineiros em extrema pobreza, no período, é tema da nova campanha institucional.

A aposentada Eva Maria, o motoboy e estudante Pedro Henrique e a faxineira Valéria Aparecida são os personagens da nova campanha institucional da Assembleia. No final 2021, eles receberam o auxílio emergencial Força-Família, benefício criado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e pago a mais de um milhão de famílias em extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa. 

Os impactos do auxílio, o único estadual efetivamente pago durante a pandemia, norteiam a nova campanha institucional da Assembleia, que começa a circular em mídias da Capital e do interior nesta semana. 

“Ao criar o Força Família, a Assembleia buscou atender a uma urgente demanda da sociedade. Em um momento de severa crise socioeconômica, as deputadas e os deputados se manifestaram de forma unânime em amparo às famílias mais necessitadas. Lamentavelmente, muitos sofrem com a fome, o desemprego e a pobreza em nosso Estado. Com isso, conseguimos reduzir o sofrimento dessas pessoas ”, afirmou o presidente da ALMG, Agostinho Patrus (PSD).

De acordo com a diretora de Comunicação Institucional da Assembleia, Luísa Luna, o objetivo é divulgar, por meio dos depoimentos de alguns dos beneficiados, como o auxílio foi importante para quem o recebeu.

“Essa não foi uma ação meramente assistencialista. O benefício ajudou milhões de mineiros, como Eva, Pedro e Valéria, em um dos momentos mais críticos que vivemos. Também procurou resgatar os direitos da cidadania, da dignidade, do respeito e da inclusão social”, pontua. 

As peças da campanha circularão até o fim de junho, incluindo também a comunicação por meio das redes sociais. 

Relembre

O auxílio emergencial Força-Família, no valor de R$ 600,00 em parcela única, foi um dos frutos de um trabalho que os deputados e as deputadas estaduais de Minas iniciaram em janeiro do ano passado, quando foi lançado o Recomeça Minas, plano da Assembleia Legislativa para ajudar a recuperar o desenvolvimento econômico e social do Estado.

Com a realização de 16 encontros que contemplaram todas as regiões mineiras, a Assembleia reuniu representantes dos setores mais prejudicados pela pandemia de Covid-19 e lideranças políticas e colheu sugestões de aprimoramento do plano, contido no Projeto de Lei (PL) 2.442/21, de autoria coletiva dos 77 deputados e que tinha como primeiro signatário o presidente, deputado Agostinho Patrus. 

Esse projeto, após ser debatido com a sociedade e aprimorado pelos parlamentares, deu origem à Lei 23.801, publicada em maio de 2021. Entre outras inovações, a norma facilitou a regularização de dívidas tributárias, direcionando os recursos obtidos para a desoneração fiscal e o financiamento dos setores econômicos mais impactados pela crise econômica decorrente da pandemia. 

Foi exatamente essa legislação que também trouxe o Força-Família. O auxílio foi pago a pessoas que se encontravam em situação de extrema pobreza naquele momento e que estavam inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

19/08/2022

Reparação de danos por tragédia de Mariana pauta debate

Movimentos sociais querem participação em novo acordo para compensar prejuízos por rompimento da barragem de Fundão.

18/08/2022

Cancelada audiência sobre isenção de pedágio para motos

Reunião seria realizada nesta sexta-feira (19) na ALMG.

18/08/2022

ALMG assina termo de cooperação para proteção de dados

Solenidade, com a participação do deputado Ulysses Gomes (PT), ocorreu durante a semana integrada sobre o tema.

18/08/2022

Apresentação “Ensaio para as almas” é destaque no Zás

Performance traz a dançarina Flaviane Lopes; atração é nesta quinta-feira (25), às 19 horas.

19/08/2022 Repactuação de acordo sobre reparação de danos da tragédia de Mariana motiva debate
00:02:30 | Download (2359kb)

19/08/2022 Funcionalismo repudia adesão de Minas Gerais ao RRF
00:03:00 | Download (2759kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter