Notícias Rss

Revisão participativa do PPAG trouxe muitos cidadãos à Assembleia - Arquivo ALMG
Revisão participativa do PPAG trouxe muitos cidadãos à Assembleia - Arquivo ALMG - Foto: Clarissa Barçante
10/01/2019 13h21

Sancionada lei que altera Diretrizes Orçamentárias

Publicadas nesta quinta (10) as leis que trazem o PPAG e fazem adequações na LDO, para garantir execução de emendas.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Dois importantes projetos que tramitaram na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no segundo semestre de 2018, foram sancionados pelo governador Romeu Zema e publicadas as leis no Diário Oficial de Minas Gerais desta quinta-feira (10/01/19). Um deles é o Projeto de Lei (PL) 5.404/18, que virou a Lei 23.287, de 2019, modificando lei anterior sobre as diretrizes de elaboração e execução da lei orçamentária para 2019.

O objetivo da nova norma é adequar a Lei 23.086, de 2018, às regras impostas pela Emenda à Constituição 96, conhecida como Emenda do Orçamento Impositivo, promulgada pela Assembleia em julho do ano passado. O orçamento impositivo significa que o Executivo é obrigado a executar as emendas individuais apresentadas pelos deputados ao Orçamento do Estado, até o limite de 1% da Receita Corrente Líquida (RCL).

Esse limite de comprometimento das receitas do Estado, para pagamento das emendas parlamentares, será escalonado até atingir o percentual de 1%, em 2022. Em 2019 o percentual será de 0,7% da RCL. Metade desses valores será destinada a ações e serviços de saúde.

PPAG - A outra lei sancionada, fundamental para a organização das finanças e funcionamento do Estado, é a Lei 23.288, de 2019, que traz a revisão do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG). O  Projeto de Lei (PL) 5.405/18, de autoria do próprio Executivo, foi aprovado pelo Plenário da Assembleia no último dia 12 de dezembro.

A norma explicita as modificações qualitativas e quantitativas feitas no planejamento de programas, ações e produtos a serem entregues pelo governo do Estado. O PPAG deve, assim, ser compatível com o Orçamento, detalhando os programas e ações do governo e permitindo o acompanhamento de sua execução.

Emendas - Durante o processo legislativo, o projeto recebeu 159 emendas, das quais 152 foram aprovadas pelo Plenário. Entre as emendas da Comissão de Participação Popular, 69 são decorrentes do processo participativo de revisão do PPAG e do Fórum Técnico Plano Estadual da Política para a População em Situação de Rua.

Os encontros da Revisão Participativa do PPAG, realizados pela Assembleia entre outubro e novembro de 2018, contaram com a participação de 445 pessoas, resultando em 316 sugestões populares.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

21/02/2019

Projeto das barragens avança e deve ser votado nesta sexta

Distribuido pela Administração, parecer ao PL 3.676 torna rígidas regras da mineração; na sexta, matéria vai a Plenário.

21/02/2019

Parecer sobre o Projeto de Lei 3.676/16

Íntegra do parecer de 2º turno distribuído em avulso pela Comissão de Administração Pública nesta quinta-feira (21).

21/02/2019

Oradores - Reunião Ordinária de Plenário de 21/2/19

Protesto na Praça da Estação pelo 13º salário e CPI das Barragens pontuaram fala dos parlamentares.

21/02/2019

Galeria recebe artesanato de comunidades da Zona da Mata

Artesãs da Associação de Mulheres Rurais de Muriaé (Amur) trabalham com patchwork, crochê e ponto-cruz.

22/02/2019 Assembleia em Ação - Resumo da semana de 18/2 a 22/2/2019
Seu browser não suporta flash player
00:02:58 | Download (2785kb)

22/02/2019 Boletim da ALMG
Seu browser não suporta flash player
00:03:05 | Download (2900kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter