Notícias Rss

PEC prevê que o valor a ser convertido para essa finalidade deve ser repassado pelo órgão pagador diretamente ao agente financeiro
PEC prevê que o valor a ser convertido para essa finalidade deve ser repassado pelo órgão pagador diretamente ao agente financeiro - Foto: Ricardo Barbosa
06/12/2018 17h41

PEC de financiamento habitacional segue para Plenário

Proposta de Emenda à Constituição sobre uso de férias prêmio em parcelas da casa própria recebe parecer favorável.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

A Comissão Especial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para emitir parecer sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 14/15, de autoria do deputado Sargento Rodrigues (PTB) e outros, aprovou nesta quinta-feira (6/12/18) parecer de 2º turno recomendando a aprovação da matéria na forma do substitutivo nº 1, apresentado pelo relator, deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB). A matéria retorna agora para análise definitiva do Plenário.

A PEC tem como objetivo permitir que o servidor público civil e militar converta em espécie as férias prêmio adquiridas até 29/2/2004 e não gozadas, para quitar, total ou parcialmente, o financiamento da casa própria. Para conceder o benefício, a proposição altera o artigo 117 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias.

A medida valeria tanto para o Sistema Financeiro de Habitação (SFH) quanto para o sistema estadual de financiamento habitacional. A PEC ainda prevê que o valor a ser convertido para essa finalidade deve ser repassado pelo órgão pagador diretamente ao agente financeiro, após a comprovação, pelo servidor, de sua condição de mutuário.

De acordo com justificativa da proposta, a alteração visa a reparar o descumprimento de dispositivo contido na Lei 10.618, de 1992, que já permitia ao servidor público valer-se da conversão de suas férias-prêmio para quitação de financiamento habitacional. Segundo a justificativa, essa lei deveria ter sido regulamentada pelo Poder Executivo, mas isso não ocorreu.

Substitutivo – O documento faz mudanças no texto da matéria para adequá-la à técnica legislativa e acrescenta um quarto parágrafo ao caput do artigo 117.

No texto, a efetivação, pelo poder público, do direito de conversão em espécie das férias prêmio a que se refere a PEC é condicionada ao escalonamento ao longo de cinco anos, a partir de 2020, observado o critério de antiguidade da aquisição das férias-prêmio. Também é garantida pelo texto a efetivação, a cada ano, de pelo menos 20% do montante total requerido.

Consulte o resultado da reunião.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

16/01/2019

Publicado edital para banco de pareceristas do ALMG Cultural

Inscrições para participar do processo começam nesta terça-feira (22).

15/01/2019

Eleição da nova Mesa da Assembleia ocorre em seguida à posse

Pela terceira vez, o presidente da ALMG será escolhido em votação aberta, por meio do painel eletrônico.

14/01/2019

Posse de deputados deve ser acompanhada por 1,7 mil pessoas

Solenidade será no dia 1º/2, às 14 horas. Logo após, os parlamentares se reúnem para eleger a Mesa do próximo biênio.

11/01/2019

Espaço Cidadania oferece serviços à população

O local reúne atendimentos do Procon Assembleia, Sine, Polícia Civil e Delegacia de Defesa do Consumidor.

16/01/2019 18ª Legislatura - Combate ao consumo e venda de drogas está na agenda da ALMG
Seu browser não suporta flash player
00:03:12 | Download (3010kb)

16/01/2019 Boletim da ALMG
Seu browser não suporta flash player
00:03:17 | Download (3087kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter