Por meio de outro requerimento aprovado, comissão busca conhecer projetos do BNDES para o setor ferroviário

ALMG pretende debater propostas da Comissão Pró-ferrovias

As demandas devem ser apresentadas à ANTT em audiências públicas que discutirão as concessões ferroviárias.

29/08/2018 - 15:18

A Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) participará das audiências públicas a serem realizadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que discutirão a proposta de renovação antecipada das concessões ferroviárias brasileiras.

Foi aprovado, nesta quarta-feira (29/8/18), no âmbito da comissão, requerimento para debater as reivindicações e demandas dos parlamentares, que serão avaliadas pela agência reguladora.

A reunião da comissão, no legislativo estadual, deve ser realizada antes das audiências da ANTT. A primeira está prevista para o dia 10 de setembro, em Belo Horizonte. Nos próximos dias 12, 14 e 18 serão realizados debates nos municípios de Ipatinga (Rio Doce), Vitória (Espírito Santo) e Brasília (Distrito Federal), respectivamente. Em especial, será discutida a prorrogação do prazo de vigência contratual da concessionária Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), sob a responsabilidade da concessionária Vale.

Assinam o pedido para a realização da audiência o presidente da comissão, deputado João Leite (PSDB), a vice-presidenta, deputada Marília Campos (PT), os deputados André Quintão (PT) e Sargento Rodrigues (PTB).

BNDES – Também foi aprovado requerimento para ouvir o gerente de Transportes e Logística, Dalmo dos Santos Marchetti, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A comissão busca conhecer os projetos do banco para o setor ferroviário.

Consulte o resultado da reunião.