Comissão extraordinária vai buscar coletar informações sobre a malha ferroviária do Estado a fim de pressionar pela sua recuperação e ampliação - Arquivo ALMG

Deputados vão a Brasília para debater transporte ferroviário

Além de audiência na terça (3), na Câmara dos Deputados, Comissão Pró-Ferrovias também vai a Lavras, no sábado (7).

29/06/2018 - 12:01 - Atualizado em 29/06/2018 - 15:35

Parlamentares da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) participam, nesta semana, de duas visitas para tratar da revitalização do transporte ferroviário de cargas e passageiros no Estado.

A primeira delas será a Brasília (DF), nesta terça-feira (3/7/18), onde participarão, a partir das 15 horas, de audiência pública da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados com a finalidade de debater o tema. O requerimento para as atividades em Brasília é assinado pelo presidente da comissão, deputado João Leite (PSDB); pela vice, deputada Marília Campos (PT), e pelo deputado Glaycon Franco (PV).

Um pouco antes no mesmo dia, a partir das 11 horas, os parlamentares da Comissão Pró-Ferrovias também vão se reunir com a direção e técnicos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Eles vão verificar a possibilidade de realização de audiências públicas desse órgão em Minas Gerais, visando garantir recursos e novos investimentos no Estado, tendo em vista o processo de renovação antecipada das concessões ferroviárias em curso. Assinam este requerimento a deputada Marília Campos e o deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB).

E, na manhã de sábado (7), os deputados da comissão vão a Lavras, no Sul do Estado, onde pretendem verificar as atuais condições das oficinas ferroviárias da cidade (Praça Dr. José Esteves, 350 - Centro). Na ocasião, os parlamentares também devem ouvir relatos de ex-ferroviários, que promovem evento na cidade. O requerimento para esta visita é de autoria do presidente e vice da comissão e é assinado ainda pelo deputado Sargento Rodrigues (PTB).

Concessões - A comissão, criada pela Mesa da Assembleia no último dia 5, vai debater ações de reforma e ampliação do transporte ferroviário no Estado. Contribuiu para a mobilização dos parlamentares decisão anunciada pelo governo federal que pretende renovar antecipadamente as atuais concessões da malha ferroviária, em troca de novos investimentos.

“Se não agirmos agora, só teremos outra chance como essa daqui a 40 anos”, alertou o deputado João Leite durante a solenidade, referindo-se ao período previsto para a renovação das concessões. De acordo com ele, o momento é propício para que a ALMG pressione pela ampliação da rede em Minas.

RMBH - Também a deputada Marília Campos ressalta a importância da atuação do Parlamento mineiro. "Devemos trabalhar para garantir um transporte de qualidade sobre trilhos, o que é fundamental, sobretudo, para aquelas pessoas que residem na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), que, com certeza, teriam maior qualidade de vida”, enfatiza.

A parlamentar ainda pondera que os rumos do transporte ferroviário serão pautados por escolhas políticas. Nesse sentido, a Assembleia não pode deixar que a negociação dos novos contratos beneficiem apenas outros estados: “Temos que agir para que Minas Gerais tenha vez na disputa pelos recursos que virão e garantir o desenvolvimento da nossa malha”

Consulte as pautas das visitas a Brasília e Lavras.