Também foi aprovado debate público sobre programas de governo a serem implementados em apoio a Apaes

Situação do convênio Casa Lar será debatida

Comissão aprova visitas e audiência para tratar das dificuldades de instituições que atendem pessoas com deficiência.

10/10/2017 - 18:29

Os problemas enfrentados pelas Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), especialmente as que contam com o convênio Casa Lar, serviço de acolhimento institucional para pessoas com deficiência intelectual, motivaram a aprovação de requerimentos da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta terça-feira (10/10/17).

As providências decorrem da reunião com convidados desta segunda-feira (9), quando representantes de Apaes reclamaram de atrasos, pelo Governo do Estado, nos repasses a quase 30 entidades que abrigam adultos com deficiência.

Na ocasião, o presidente da comissão, deputado Duarte Bechir (PSD), informou que o governo pagaria R$ 2,2 milhões, que estavam em atraso desde agosto deste ano. Apesar do anúncio, dirigentes de Apaes temem novos atrasos nos próximos pagamentos.

Visitas - De autoria do deputado Duarte Bechir, foram aprovados três requerimentos relativos a esses convênios. Ele propõe visita à Apae de Belo Horizonte, para obter informações sobre o funcionamento da instituição. Outra visita será feita à Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), para tratar do convênio Casa Lar. Haverá ainda uma audiência pública para tratar desse tema.

Por fim, foi aprovado requerimento do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), de debate público que abordará as ações dos programas de governo a serem implementados em apoio a Apaes.

Consulte o resultado da reunião.