Notícias Rss

04/04/2017 18h15

Comissão vai ao Ministério dos Esportes em busca de recursos

Objetivo da visita é debater situação do Mineirinho, do Parque Aquático de Uberlândia e do futebol amador em Minas.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Um panorama do desporto em Minas Gerais, especialmente no que se refere à condição do Mineirinho, às obras sem conclusão do Parque Aquático de Uberlândia (Triângulo Mineiro) e à precária situação do esporte amador no Estado. Esses serão os principais temas que a Comissão de Esporte, Lazer e Juventude da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pretende levar ao Ministério dos Esportes.

Requerimento sobre o assunto, de autoria do deputado Carlos Henrique (PRB), foi aprovado em reunião da comissão na tarde desta terça-feira (4/4/17). De acordo com ele, atualmente o governo federal é responsável por 35% dos recursos do Orçamento do Estado voltados para o esporte. Ainda assim, Carlos Henrique avalia que a verba é insuficiente para sanar os problemas da área.

Na opinião do parlamentar, o esporte, apesar de sua importância, geralmente é preterido frente a outras políticas públicas. “Por conta disso, muitas ações necessárias à valorização e fortalecimento desse setor não são executadas”, lamentou.

Fubebol amador - Especificamente em relação ao futebol amador, Carlos Henrique defendeu políticas para esse setor. Isso incluiria, entre outros aspectos, a revitalização dos campos de várzea e a criação de um campeonato estadual de futebol amador.

O deputado Mário Henrique Caixa (PV), que é vice-presidente da comissão, reforçou essa postura e destacou que o futebol de várzea é responsável pela formação de muitos talentos novos, sendo também uma importante forma de lazer da juventude.

O presidente da comissão, deputado Ulysses Gomes (PT), disse que vai tentar agendar a visita em breve. 

Consulte o resultado da reunião.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

17/11/2017

Experiências internacionais podem auxiliar combate às drogas

Modelos adotados em Portugal, no Chile e no Uruguai regulamentaram ou permitiram o consumo de entorpecentes.

17/11/2017

Exposição derruba mitos sobre sofrimento do parto normal

Comissão das Mulheres conheceu mostra que apresenta vantagens da técnica natural sobre as cesarianas.

17/11/2017

Escola e projetos sociais do Barreiro serão homenageados

Reunião especial nesta segunda (20) destaca Escola Dr. José do Patrocínio e projetos Cefai e Lian Gong.

17/11/2017

Aplicação do ECA por agentes penitenciários é tema de debate

Segurança Pública discutirá condições de trabalho dos profissionais, ameaçados enquanto cumprem seu trabalho.

18/11/2017 Zona da Mata - Deputados estaduais participam de audiência pública em Viçosa
Seu browser não suporta flash player
00:01:23 | Download (1304kb)

18/11/2017 Edição da Semana
Seu browser não suporta flash player
00:06:11 | Download (5811kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter