Um dos objetivos da visita é verificar as consequências da extinção da autarquia para os servidores com deficiência

Deputados vão à Imprensa Oficial nesta segunda (4)

Extinção da autarquia, prevista em um dos projetos da reforma administrativa, motivou visita da Comissão de Cultura.

01/07/2016 - 12:21 - Atualizado em 01/07/2016 - 15:31

Os deputados da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizam, nesta segunda-feira (4/7/16), uma visita à sede da Imprensa Oficial, em Belo Horizonte (Avenida Augusto de Lima, 270, Centro). O objetivo da atividade, marcada para as 13h30, é apurar as possíveis consequências da proposta de extinção da autarquia para a instituição e seus servidores, em especial os com deficiência.

A extinção da Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais (IO-MG) é prevista no Projeto de Lei 3.511/16, do govenador, uma das proposições da reforma administrativa enviadas pelo chefe do Executivo à ALMG.

A visita acontece a requerimento dos deputados Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), Wander Borges (PSB), Duarte Bechir (PSD) e Antônio Carlos Arantes (PSDB), que convidaram, ainda, os membros das Comissões de Assuntos Municipais e Regionalização e de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da ALMG.

De acordo com Wander Borges, após audiência pública em que foram ouvidos servidores, sindicatos e outros interessados diretamente na reforma administrativa do Governo do Estado, a comissão, agora, quer ver de perto o trabalho da autarquia.

“Creio que essa visita vai reforçar o pedido dos funcionários pela não extinção da autarquia, devido à sua importância cultural e de comunicação com os cidadãos mineiros”, disse.

Na audiência do último dia 27/6, foram debatidas a lucratividade da Imprensa Oficial, bem como seu valor histórico. “Vamos aproveitar esse próximo encontro para sentir, ainda mais de perto, os anseios pela melhoria dos serviços prestados pela instituição, além da grande familiaridade dos colaboradores com sua segunda casa”, concluiu o parlamentar.