O deputado Adalclever Lopes foi agraciado com o grau Ouro, o mais alto da Medalha do Mérito Coronel Fulgêncio de Souza Santos

Presidente da ALMG recebe honraria da classe militar

Medalha é concedida por relevantes serviços prestados à União dos Militares de Minas Gerais.

07/06/2016 - 14:10

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Adalclever Lopes (PMDB), foi agraciado na manhã desta terça-feira (7/6/16) com a Medalha do Mérito Coronel Fulgêncio de Souza Santos, concedida a personalidades e instituições que tenham prestado relevantes serviços à União dos Militares de Minas Gerais, associação representativa da classe dos militares no Estado. O parlamentar foi agraciado com o grau Ouro, o mais alto da honraria.

"Essa é uma homenagem que é concedida pelos policiais reformados da Polícia Militar (PMMG). Foram eles que construíram a Grande Polícia Militar de Minas Gerais, a maior polícia do Brasil. Vim em nome de todos os parlamentares e recebi com muita honra essa medalha", disse Adalclever Lopes.

O coronel PM César Braz Ladeira enfatizou que o momento celebrava a aproximação e o respeito dos militares com o Legislativo mineiro, na figura de seu presidente. O deputado Arlen Santiago (PTB) também esteve presente no evento.

Na mesma ocasião, foi entregue a Medalha do Mérito Dever Cumprido, concedida a militares que tenham 30 anos de inatividade. A cerimônia de entrega das medalhas abriu a “Semana da Polícia Militar” e integra a solenidade do Dia do Pessoal da Reserva e Reformados da PMMG.

Histórico - A Medalha do Mérito Coronel Fulgêncio de Souza Santos foi instituída pelo Decreto 24.973, de 1985. O militar que dá nome à comenda nasceu em Januária (Norte de Minas), em 1896, e entrou na PMMG aos 16 anos.

Ao ser deflagrada a Revolução Constitucionalista de 1932, em 9 de julho, coronel Fulgêncio partiu para o Sul de Minas no comando do 7º Batalhão, para combater a revolta, quando foi atingido por uma bala de fuzil, no dia 30 de julho.