Notícias Rss

22/09/2015 11h26

Ampliação de uso do Aeroporto da Pampulha será debatida

Comissão que aprovou requerimento sobre esse tema também quer discutir violência contra mulheres em Minas.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

A viabilidade de ampliação da frequência e do uso do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, e a violência contra as mulheres do Estado são alguns dos temas que a Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pretende discutir. Em reunião desta terça-feira (22/9/15), foram aprovados vários requerimentos para a realização de audiências públicas.

O requerimento que propõe a discussão sobre o Aeroporto da Pampulha, a ser realizada em conjunto com a Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, é de autoria do deputado Fred Costa (PEN), presidente da comissão. De acordo com o parlamentar, o aeroporto, que possui capacidade anual para atender cerca de 2,2, milhões de pessoas, estaria subutilizado, tendo registrado o trânsito de 945 mil passageiros em 2014.

O deputado também quer debater, em conjunto com a Comissão Extraordinária das Mulheres e a de Segurança Pública, a violência contra as mulheres no Estado. De acordo com o requerimento aprovado, de janeiro a junho, 283 mulheres teriam sido assassinadas em Minas, o que representa uma média de 47,1 vítimas por mês. Ainda de acordo com a justificativa de Fred Costa, os alvos mais frequentes seriam as mulheres pardas e brancas, entre 25 e 44, com menor grau de instrução.

Outros três requerimentos aprovados do deputado são para que se debata em audiências as ações referentes aos editais de licitação para instalação de 33 novas feiras nas nove regiões de Belo Horizonte; a transferência de parte dos leitos de alta complexidade para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Noroeste, anexa ao hospital Odilon Behrens, em Belo Horizonte; e a greve dos funcionários da Justiça Federal.

Do deputado Wander Borges (PSB), foi aprovado requerimento para a realização de audiência pública para discutir possíveis irregularidades e abusos da empresa CZAR Serviços Ambientais Ltda, localizada em Santa Luzia (Região Metropolitana de Belo Horizonte), e que atua no tratamento e disposição final de resíduos sólidos. Segundo o parlamentar, a denúncia teria sido feito por entidades e alguns moradores do município, que alegariam que a empresa vem provocando há vários dias uma fumaça tóxica constante, além de mau cheiro, prejudicando a saúde dos moradores que residem nas proximidades.

Também foi aprovado requerimento da deputada Rosângela Reis (Pros), para debater os resultados obtidos com a realização do Fóruns Regionais de Governo e analisar a divisão dos 17 territórios, com a distribuição territorial dos órgãos de governo que atuam nessas regiões.

Consulte o resultado da reunião.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

20/04/2019

Morre o ex-deputado João Pedro Gustin

Velório será realizado no Salão Nobre da ALMG neste sábado (20), das 9h às 17h.

17/04/2019

Promotor quer judicializar negociações relativas a Macacos

André Sperling afirmou que medida poderá efetivar reparação ao distrito afetado por instabilidade de barragem.

17/04/2019

Ainda não há recursos para restauração do Benjamim Guimarães

Representante do Iepha, em audiência desta quarta (17), afirma que é preciso adequar projeto de reparação do vapor.

17/04/2019

Oradores – Reunião Ordinária de Plenário de 17/4/19

Escola em tempo integral, mineração na Serra da Piedade e críticas ao STF marcam discursos na tribuna do Plenário.

20/04/2019 Edição da Semana
Seu browser não suporta flash player
00:07:07 | Download (6627kb)

19/04/2019 Assembleia em Ação - Resumo da Semana de 15/4 a 19/4/2019
Seu browser não suporta flash player
00:03:10 | Download (2980kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter