Notícias Rss

O deputado Luiz Henrique foi um dos condecorados na categoria Grau Prata
O deputado Luiz Henrique foi um dos condecorados na categoria Grau Prata - Foto:Guilherme Dardanhan
Dinis Pinheiro entregou a comenda ao secretário-geral da Mesa da ALMG, José Geraldo de Oliveira
Dinis Pinheiro entregou a comenda ao secretário-geral da Mesa da ALMG, José Geraldo de Oliveira - Foto:Wellington Pedro
Mais de 100 personalidades homenageadas em Santos Dumont
25/10/2013 19h50

Presidente da ALMG participa da Medalha Santos Dumont

Solenidade na Fazenda Cabangu, na zona rural do município de Santos Dumont, reverencia memória do pai da aviação.

Três representantes da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) foram agraciados nesta sexta-feira (25/10/13) com a Medalha Santos Dumont. A comenda homenageia o mérito cívico de pessoas e entidades que, de modo relevante, contribuem para o progresso da aviação no País. A solenidade foi realizada na Fazenda Cabangu, a 16 quilômetros do centro de Santos Dumont (Zona da Mata), e contou também com a presença do presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PP).

O deputado Luiz Henrique (PSDB), o diretor-geral da Assembleia, Eduardo Vieira Moreira, e o secretário-geral da Mesa da ALMG, José Geraldo de Oliveira Prado, foram condecorados na categoria Grau Prata, pela contribuição para o desenvolvimento e o progresso de Minas Gerais e do Brasil. Outras 120 pessoas, entre empresários, políticos, secretários de Estado, militares, professores e artistas, também foram agraciadas.

A cerimônia lembrou os feitos do “pai da aviação”, como ficou conhecido Alberto Santos Dumont. Durante o evento, os homenageados se posicionaram próximo à réplica do avião 14-Bis, localizado nos jardins da fazenda que integra o Museu de Cabangu, dedicado à memória de Santos Dumont. O local foi onde o aviador nasceu, em julho de 1873. O 14-Bis foi o primeiro aparelho mais pesado que o ar a ser inventado, capaz de decolar e pousar.

Em seu discurso, o governador Antonio Anastasia fez uma relação da evolução da ciência e da tecnologia com o passado colonial do Brasil, quando o foco generalizado na exploração das riquezas naturais e o fato de a vontade de aprender e pensar ser considerada rebeldia impediram um avanço maior do País. “Tomo liberdade de valer-me aqui para imaginar onde poderíamos ter chegado se não tivessem proibido o acesso a qualquer forma de conhecimento. Considerando esse imenso obstáculo que tivemos, temos que valorizar os nossos feitos”, comentou.

Ele destacou também a história de Santos Dumont e sua relação com os homenageados. “A inteligência e a determinação estão presentes também naqueles que homenageamos hoje. A todos fica o reconhecimento e agradecimento do povo mineiro nesta data cívica”, disse. “São as asas de Santos Dumont, que permitiram a humanidade ganhar os céus, que estão simbolicamente vinculadas ao sonho maior de Minas, que é a liberdade”, finalizou.

O deputado Dinis Pinheiro, que é presidente do Conselho Permanente da Medalha, entregou a comenda aos homenageados, juntamente com o governador do Estado, o vice-governador, Alberto Pinto Coelho, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Herculano Rodrigues, e o prefeito de Santos Dumont, Carlos Alberto Ramos Faria. O reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Clélio Campolina, foi o orador oficial da cerimônia.

A comenda – A Medalha Santos Dumont foi criada pela Lei 1.493, de 1956, para comemorar o cinquentenário do primeiro voo com uma aeronave mais pesada do que o ar, pelo brasileiro Alberto Santos Dumont, em 23 de outubro de 1906. A entrega da comenda é realizada anualmente, por ocasião da Semana da Asa, na fazenda onde nasceu o inventor do avião, e é concedida pelo Governo do Estado. São três graus de homenagem: ouro, prata e bronze, além do Grande Colar da Medalha Santos Dumont. Este último destina-se exclusivamente a chefes de Estado e chefes de governo. Os agraciados são indicados pelo Conselho Permanente da Medalha.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

07/08/2020

Banco de emprego para mulheres vítimas de violência já é lei

Norma pretende facilitar acesso a trabalho, emprego e renda e a consequente autonomia econômica dessas mulheres.

07/08/2020

Aulas remotas e EPIs são temas de leis sancionadas

Aprovadas na ALMG, normas sobre ensino não presencial e descarte de equipamentos de proteção individual estão em vigor.

06/08/2020

Violência doméstica, Covid e previdência preocupam deputados

Mobilização de servidores e possibilidade de retorno de aulas presenciais também foram abordadas na reunião de Plenário.

06/08/2020

Turmas de 2019 e 2020 da pós-graduação retomam aulas

Os encontros serão virtuais, por meio do aplicativo Zoom; as atividades ficarão disponíveis na plataforma de ensino.

10/08/2020 Residências que assistem à TV Assembleia por parabólicas devem reconfigurar o sinal
Seu browser não suporta flash player
00:02:40 | Download (2508kb)

10/08/2020 TV Assembleia em nova sintonia exige readquação da configuração das parabólicas
Seu browser não suporta flash player
00:02:44 | Download (2568kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter