Norma que obriga produzir muda cítrica em estufa será debatida

A Portaria 937, de 2008, do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), que prevê a produção de mudas de espécies cítric...

02/06/2010 - 00:02
Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
 

Norma que obriga produzir muda cítrica em estufa será debatida

A Portaria 937, de 2008, do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), que prevê a produção de mudas de espécies cítricas somente em estufas, vai ser tema de audiência pública da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial. A reunião, solicitada pelo deputado Délio Malheiros (PV), vai ser realizada nesta terça-feira (8/6/10), às 15h15, no Auditório da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O parlamentar está preocupado com os efeitos da medida para os produtores mineiros.

Na justificativa de seu requerimento, Délio Malheiros explica que a portaria está exigindo dos produtores rurais um alto investimento. Mas, segundo ele, a medida não impede a disseminação da "doença de greening", se ela vier a ocorrer em Minas Gerais. Greening é considerada a mais devastadora doença de citros no mundo, porque afeta todas as variedades. Délio avalia que, caso a portaria seja mantida, vão se tornar inviáveis as atividades dos produtores de mudas, sejam eles pequenos, médios ou grandes.

Ainda de acordo com o deputado, para a produção de 30 mil mudas/ano, o investimento seria de aproximadamente R$ 110 mil, que elevaria o preço unitário da muda de R$ 3 para R$ 6, tornando-o não competitivo. Em efeito cascata, muitos desistirão do negócio, gerando desemprego em massa. Dona Euzébia e municípios vizinhos respondem por cerca de 90% da produção do Estado e sofrerão um impacto econômico e social de consequências catastróficas. No estado de São Paulo, onde a doença de greening foi detectada, o advento das estufas não foi suficiente para deter a propagação da praga.

Greening - A doença de greening é a denominação popular de huanglongbing (HLB), considerada a doença mais devastadora de citros no mundo porque afeta todas as variedades. Além disso, atinge a planta inteira, inclusive os frutos, com significativa perda de produção. A bactéria do HLB se multiplica rapidamente dentro da planta e dentro do vetor. O sintoma da doença aparece em folhas, ramos ou frutos e se destaca pelo contraste com a coloração verde dos ramos saudáveis. As folhas apresentam coloração amarela pálida com manchas irregulares.

Convidados - Foram convidados para a reunião o diretor-técnico do IMA, Pedro Luiz Hartung; o engenheiro agrônomo da Emater, Marco Aurélio Salgado Pires; prefeito de Dona Euzébia, Itamar Ribeiro Toledo; presidente da Associação Agrícola Novo Horizonte de Dona Euzébia, Márcio Dias de Oliveira; o presidente da Cooperativa dos Produtores e Comerciantes de Mudas de Dona Euzébia, Romildo Pereira; o técnico-agrícola Fernando Defilippo; e o produtor de mudas Domiciano Ferreira dos Santos.

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - www.almg.gov.br

Rua Rodrigues Caldas,30 :: Bairro Santo Agostinho :: CEP 30190 921 :: Belo Horizonte :: MG :: Brasil :: Telefone (31) 2108 7715