Comissão vai discutir questões ligadas à criminalidade em BH

Na próxima terça-feira (1º/6/10), a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza m...

27/05/2010 - 00:02
Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
 

Comissão vai discutir questões ligadas à criminalidade em BH

Na próxima terça-feira (1º/6/10), a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza mais uma audiência para discutir questões relativas à criminalidade no Estado. Desta vez o foco é a 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), com sede em Belo Horizonte. A reunião será no Auditório da Assembleia, a partir das 14h30. Os deputados da comissão já estiveram em 16 cidades mineiras e constataram que o uso do crack é o problema de segurança mais grave, atualmente, e que deve ser enfrentado como todo rigor.

De acordo com o presidente da comissão, deputado João Leite (PSDB), todas essas reuniões servirão para traçar um diagnóstico da integração das forças de segurança e dos problemas de cada região. As informações policiais coletadas até agora confirmam que cerca de 80% dos crimes, entre homicídios, furtos e roubos, estão relacionados diretamente ao uso do crack.

Os dados recolhidos sobre o assunto também vão servir de base para o Fórum Técnico Segurança Pública: drogas, criminalidade e violência, que será realizado entre 11 e 13 de agosto, no Plenário da ALMG. O fórum deverá resultar, ainda, em uma publicação para orientar os deputados quando da votação das peças orçamentárias do Estado.

Apreensão de armas - Outro problema recorrente, levantado pela comissão nas várias regiões visitadas, é o alto número de apreensões de armas de fogo, que entram em Minas por meio de contrabando. A falta de patrulhamento adequado nas rodovias federais que cortam o Estado seria um facilitador para os ilícitos.

O requerimento para realização dessa audiência pública é dos deputados João Leite (PSDB), Rômulo Veneroso (PV) e Tenente Lúcio (PDT) e deputada Maria Tereza Lara (PT). Para completar a série de reuniões, a comissão estará no Sul de Minas na semana seguinte, em Poços de Caldas no dia 7 de junho e em Lavras, no dia 8. Já no dia 10, acontece a última audiência, em Betim, na RMBH.

Convidados - Presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sérgio Antônio de Resende; procurador-geral de Justiça, Alceu José Torres Marques; superintendente regional da Polícia Federal, Jerry Antunes de Oliveira; superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Waltair Vasconcelos Sobrinho; secretário de Estado de Defesa Social, Moacyr Lobato de Campos Filho; secretária de Estado de Educação, Vanessa Guimarães Pinto; secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Ana Lúcia Gazzola; secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Alberto Rodrigues; secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques; comandante-geral da Polícia Militar, coronel Renato Vieira de Souza; comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Gilvan Almeida Sá; chefe de Polícia Civil, Marco Antônio Monteiro de Castro; defensor público-geral do Estado, Belmar Azze Ramos; subsecretário de Estado de Políticas Antidrogas, Cloves Eduardo Benevides; coordenador do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública da UFMG, Cláudio Chaves Beato Filho.

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - www.almg.gov.br

Rua Rodrigues Caldas,30 :: Bairro Santo Agostinho :: CEP 30190 921 :: Belo Horizonte :: MG :: Brasil :: Telefone (31) 2108 7715