Índice de Responsabilidade Social terá 2ª edição apresentada na ALMG

A segunda edição do Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS) será apresentada na Assembleia Legislativa de Mi...

26/04/2010 - 00:01
Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
 

Índice de Responsabilidade Social terá 2ª edição apresentada na ALMG

A segunda edição do Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS) será apresentada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, nesta quinta-feira (29/4/10). Deputados, assessores parlamentares, consultores e representantes de entidades são o público-alvo da palestra da pesquisadora da Fundação João Pinheiro (FJP) Maria Luiza Marques. O evento é no Teatro da ALMG, a partir das 9 horas. A segunda edição atualiza e amplia a base de dados apresentada na primeira edição, de 2005.

O IMRS foi criado pela Lei 14.172, de 2002, e alterado pela Lei 15.011, de 2004, que também dispõe sobre a responsabilidade social na gestão pública estadual. Ele é calculado pela Fundação João Pinheiro e expressa o nível de desenvolvimento de cada município do Estado. Para a elaboração do IMRS são consideradas as dimensões de assistência social, educação, saúde, emprego, segurança alimentar, segurança pública, habitação, saneamento, transporte, lazer e renda, segundo as variáveis de gênero, etnia, orientação sexual, idade, condição de deficiência, esforço de gestão governamental e participação popular.

A primeira edição do índice também foi apresentada na Assembleia, a fim de incentivar o uso dessa base de dados sobre os municípios na formulação e na avaliação de políticas públicas. Segundo a legislação, as informações referentes ao IMRS devem ser usadas como referência para o planejamento dessas políticas, principalmente nas áreas sociais.

Saiba mais sobre a palestra

A pesquisadora Maria Luiza Marques vai apresentar os principais conceitos usados na construção dos 301 indicadores e dos 54 índices para os 853 municípios, seus principais resultados e o software que abriga a base de dados do IMRS, demonstrando as formas de consulta e suas principais funções. Ela também fará uma retrospectiva histórica do trabalho, apresentando os avanços e as deficiências desse processo.

A base contempla todos os municípios de Minas e contém indicadores relacionados às dimensões saúde, educação, renda, segurança pública, meio ambiente e saneamento, cultura, esporte e finanças municipais para 2000 a 2007. Há dados complementares referentes à população e área municipais. A base de dados e de indicadores tem como fonte principal os registros administrativos.

Em maio, servidores da Diretoria de Processo Legislativo da ALMG terão um curso sobre o tema com Maria Luiza e Isabella Freire, também pesquisadora da fundação.

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - www.almg.gov.br

Rua Rodrigues Caldas,30 :: Bairro Santo Agostinho :: CEP 30190 921 :: Belo Horizonte :: MG :: Brasil :: Telefone (31) 2108 7715