Palestrantes falam sobre comunicação política em workshop

Comunicação política foi o tema do segundo dia do workshop "Poder Legislativo e Comunicação", promovido pela Escola d...

09/05/2003 - 18:11
 

Palestrantes falam sobre comunicação política em workshop

Comunicação política foi o tema do segundo dia do workshop "Poder Legislativo e Comunicação", promovido pela Escola do Legislativo e pela Diretoria de Comunicação Institucional da Assembléia de Minas, nesta sexta-feira (9/5/2003). Os palestrantes falaram, para a platéia de jornalistas que trabalham nos gabinetes e na área administrativa da Assembléia de Minas, sobre as formas de relacionamento dos parlamentares com a mídia, políticas de relacionamento com a sociedade e dicas para assessoria de imprensa.

A assessora de imprensa do deputado Ricardo Duarte (PT), Lúcia Azevedo, reiterou que o papel do assessor de imprensa é facilitar o contato entre a fonte, que no caso da Assembléia são os deputados, e a imprensa. Para isso, o assessor precisa orientar o deputado para que ele saiba lidar com os jornalistas. Lúcia ressaltou que o assessor tem que saber aproveitar as melhores oportunidades para fazer com que seu deputado apareça na mídia. Para isso, segundo Lúcia, sugerir pautas funciona melhor do que enviar releases, já que as redações são abastecidas com uma infinidade de material das mais diversas assessorias de imprensa.

Já a assessora de imprensa do deputado federal Eliseu Rezende (PFL), Maria Antonieta Moreira de Andrade, lembrou que o assessor de imprensa precisa trabalhar com todas as editorias, não só com a política. Ela falou também sobre as dificuldades de trabalhar com a imprensa do interior, onde muitas vezes quem decide o que vai ser publicado é o dono do jornal, que nem sempre é um jornalista formado. Antonieta também recomendou bom humor para facilitar a relação entre os assessores e deputados. "Bom humor é excelente antídoto contra chefes temperamentais e garante respeito ao assessor', disse.

A importância da comunicação dirigida foi abordada pela relações públicas da Assembléia de Minas, Daniela Santiago. Ela caracterizou o que é a comunicação dirigida, aquela que é planejada e intencional, essencial para o estabelecimento de políticas de relacionamento com o público. Também explicou o que é a auditoria de opinião, que permite monitorar os anseios e expectativas do público, para o desenvolvimento de programas integrados de comunicação. Como dica para aproveitar melhor a auditoria de opinião, Daniela recomenda atenção para ouvir o interlocutor e ler nas entrelinhas da fala aquilo que ele realmente pensa.

O conteúdo das palestras agradou os participantes do workshop, tanto novatos quanto experientes assessores de imprensa dos gabinetes da Assembléia. Para a assessora de imprensa do deputado João Bittar (PL), Elaine Diniz Borges, que trabalha na Assembléia há apenas cinco dias, as palestras foram "fantásticas". Além disso, o encontro de sexta-feira (9) foi útil porque atendeu às suas necessidades. "Eu estava precisando do mailing da capital, que foi distribuído hoje para todos os participantes", afirmou. A veterana Vanda Gonçalves, assessora de imprensa do deputado Carlos Pimenta (PDT) desde 1999, também elogiou o evento. "Este workshop está sendo muito bom. Mesmo com experiência, nós ainda temos o que aprender com os colegas da casa", disse.

Na próxima segunda-feira (12), dentro da programação do workshop, acontece a mesa redonda "Comunicação em tempos de crise", com o secretário de redação do jornal O Tempo, Ricardo Campos, o consultor em comunicação José Eduardo Gonçalves, o assessor de comunicação da Prefeitura de Belo Horizonte, Ananias José de Freitas, e o chefe de gabinete do deputado Padre João (PT), Geraldo Melo Correia. A coordenação será do gerente-geral de Imprensa e Divulgação da Assembléia, Lúcio Perez.

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31 - 3290 7715