Assembléia comemora os 50 anos da Cemig

A Assembléia realizou, nesta terça-feira (4/6/2002), Reunião Especial em homenagem aos 50 anos da Companhia Energétic...

05/06/2002 - 20:15
 

Assembléia comemora os 50 anos da Cemig

A Assembléia realizou, nesta terça-feira (4/6/2002), Reunião Especial em homenagem aos 50 anos da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). A reunião foi presidida pelo deputado Alberto Pinto Coelho (PPB), 1º-vice-presidente do Legislativo, que destacou a Cemig como uma das 312 melhores empresas do mundo e homenageou o presidente da companhia, Djalma Morais, pela sua capacidade de resguardar a empresa das turbulências de uma conjuntura adversa no setor elétrico. Ele lembrou também a promulgação, pela Assembléia, da Emenda à Constituição 50/2001, que estabelece critérios para a alienação de empresas controladas pelo Estado. "Desde então, qualquer iniciativa nesse sentido passa a depender da aprovação da Casa, o que representa uma grande proteção a esse grande patrimônio do nosso Estado," disse.

O requerimento que deu origem à homenagem foi do deputado Gil Pereira (PPB). A motivação, segundo ele, foi comemorar as conquistas e reconhecer os méritos da Cemig, nascida da visão de Juscelino Kubitschek e que hoje é a maior empresa integrada de energia do País. "O objetivo inicial se diversificou: ela hoje atua no campo da tecnologia, do gás natural, da energia eólica, da energia solar e da transmissão de dados via fibra ótica. Gera milhares de empregos e recolhe milhões em tributos, bem como desenvolve projetos sociais", destacou o parlamentar, na Reunião Especial.

O deputado Gil Pereira citou números importantes sobre a Cemig: ela atende a 17 milhões de consumidores, beneficiando 774 municípios. Seus sistema de distribuição tem 322.762 quilômetros de extensão e seu sistema de transmissão se estende por 21.088 quilômetros, com 46 usinas em operação e 12 outras em construção. Os investimentos para 2002 somam R$ 1,1 bilhão e aqueles programados até 2005 somam R$ 4 bilhões, o que aumentará, segundo Gil Pereira, a geração de energia em 20% em relação à capacidade atual. O parlamentar também lembrou que a empresa dá emprego direto a 11.362 profissionais, sendo que a admissão é feita prioritariamente por meio de concurso público.

O deputado também se referiu à Usina de Irapé, que representa definitiva redenção de grande parte do território mineiro, na opinião dele. "Ao levar a energia, a usina está levando também concretas perspectivas de desenvolvimento socioeconômico", destacou, referindo-se às regiões do Norte de Minas, Jequitinhonha e Mucuri. Ao finalizar o discurso, Gil Pereira também elogiou o governador Itamar Franco por sua atuação para manter a Cemig no controle do Estado.

Mesa - Compuseram a Mesa o deputado Alberto Pinto Coelho (PPB), 1º-vice-presidente da Assembléia; o deputado Gil Pereira (PPB), autor da homenagem; o secretário de Estado da Comunicação Social, Luís Márcio Ribeiro Vianna, representando o governador Itamar Franco; o vice-presidente da Cemig, Guy Vilela, representando o presidente Djalma Morais; o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio, representando o secretário Marcelo Prado; o presidente da Cohab, José Maria Gomes; o presidente da Fiemg, Robson Andrade; e a procuradora de Justiça Míriam Pereira Esteves de Souza, representando a família do deputado Esteves Rodrigues.

 

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31 - 3290 7715