Sindicatos propõem mobilização contra divisão de Furnas

O presidente do Sindicato dos Eletricitários, Marcelo Correia, e o diretor do Sindicato dos Engenheiros, Alexandre He...

14/05/2002 - 21:17
 

Sindicatos propõem mobilização contra divisão de Furnas

O presidente do Sindicato dos Eletricitários, Marcelo Correia, e o diretor do Sindicato dos Engenheiros, Alexandre Heringer Lisboa, reuniram-se nesta terça-feira (14/5/2002), no Salão Nobre, com o presidente da Assembléia, deputado Antônio Júlio (PMDB), para acertar a participação do Legislativo Mineiro numa mobilização com vistas a impedir a divisão de Furnas e do sistema energético brasileiro.

Encontros preparatórios já vinham ocorrendo com a participação dos deputados Anderson Adauto (PL), Adelmo Carneiro Leão (PT) e Jorge Eduardo de Oliveira (PMDB), e técnicos da Assembléia. Entidades de peso, como a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) e a Ordem dos Advogados do Brasil, estão sendo contatadas para integrar o movimento. A participação do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea/MG), foi confirmada por seu presidente em exercício, Marcelo Pimenta.

Segundo o presidente do Sindieletro, "uma grande mobilização pode impedir que a assembléia geral da Eletrobrás, marcada para o próximo dia 20, no Rio de Janeiro, aprove a divisão da controladora de Furnas, da Eletronorte e da CHESF, abrindo caminho para a privatização de todo o sistema energético brasileiro". Marcelo Correia e Alexandre Heringer acreditam que essa estratégia de cisão das empresas não consiga prosperar com a opinião pública contra.

Atingido o objetivo mais urgente de deter a divisão da Eletrobrás, os deputados e os sindicalistas pretendem organizar um debate com o grupo de desestatização do Governo Federal, e especialistas contrários à divisão do setor energético.

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31 - 3290 7715