Reunião de Uberaba fomenta envolvimento com o tema água

A cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, sediou, nesta quinta-feira (18/4/2002), a terceira reunião do Seminário Le...

18/04/2002 - 18:52
 

Reunião de Uberaba fomenta envolvimento com o tema água

A cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, sediou, nesta quinta-feira (18/4/2002), a terceira reunião do Seminário Legislativo "Águas de Minas II", desenvolvido pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, com o apoio de organizações governamentais e não-governamentais. O secretário municipal de Planejamento e Meio Ambiente de Uberaba, Gilberto Facury, parabenizou a Assembléia pela iniciativa de desenvolver projetos de conscientização da preservação do meio-ambiente e afirmou que a Secretaria estará à disposição do Legislativo para qualquer ação que for realizada nesse sentido, na região. Uberaba faz parte da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, que é composta também por outros municípios mineiros e paulistas.

A reunião, que também contou com a presença de representantes dos municípios de Araguari e Uberlândia, foi coordenada pelo deputado Anderson Adauto (PL), que ressaltou a importância da reunião, dizendo que ela será um caminho para a implementação de políticas públicas que visem à preservação da água, com a cooperação da comunidade, de instituições públicas e não-governamentais.

Aqüífero Guarani - O deputado Anderson Adauto falou da necessidade de destinar recursos para serem aplicados em estudos e pesquisas sobre o Aqüífero Guarani, território que abrange toda a extensão do Baixo Rio Grande, onde estão localizadas diversas reservas de águas subterrâneas. Segundo ele, essas ações serão importantes para a transformação do potencial de utilização do aqüífero em benefícios concretos para as atividades econômicas e para o atendimento à população. Além do potencial de utilização das reservas de águas subterrâneas, o deputado também citou outras atividades de relevância para a região do Triângulo Mineiro, como a geração de energia elétrica, em função dos reservatórios e das usinas locais; a irrigação, essencial para as atividades agropecuárias; e o fornecimento de água para as indústrias e para o abastecimento dos centros urbanos.

Ciclo de debates resulta em ações - O ciclo de debates "Gestão das Águas- Rio Uberaba: Uma contribuição para a Bacia do Rio Paraná", realizado em Uberaba no ano passado, foi lembrado pelo deputado Anderson Adauto, que afirmou que o evento provocou a mobilização da população local pela criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Uberaba. Atualmente, o comitê funciona como Comissão Provisória, responsável por levantar, analisar e dar encaminhamento aos problemas regionais referentes à água.

Palestra inicial - Na primeira fase do evento, foi ministrada a palestra "Aspectos fundamentais das políticas federais e estaduais de recursos hídricos", pelo consultor da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa, Pedro Garcia Costa. Durante a palestra, foram abordadas as principais características dos rios brasileiros e a diferença entre esses rios e aqueles situados em regiões de clima temperado e frio. O consultor também falou dos problemas ambientais das bacias hidrográficas do País e das legislações estaduais e federais relacionadas aos recursos hídricos.

Propostas e eleição de representantes - Durante a reunião de interiorização do Seminário Legislativo "Águas de Minas II" realizada em Uberaba, foram apresentadas 20 propostas referentes à gestão e ao gerenciamento de águas e às agências de bacia, como sugestão ao documento elaborado pelas Comissões Técnicas Interinstitucionais (CTIs), formadas por representantes de órgãos governamentais e não-governamentais. O regulamento, os temas e palestrantes do seminário foram definidos por essas CTIs.

Os participantes ainda elegeram os delegados que irão participar de grupos de trabalho e da plenária final do seminário legislativo, que ocorrerá na sede da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, de 1º a 3 de julho. São eles: Osmar Ribeiro de Morais e Walter Lúcio, representantes do poder público; Arlete Lúcia da Silva e Vanda Prata, representantes da sociedade civil; e Edna Costa e Alberto Zerlotini, representantes dos usuários.

A próxima reunião do Seminário Legislativo "Águas de Minas II" será realizada no dia 23 de abril, no município de Capitólio, situado na Região Sul do Estado, que também integra a Bacia Hidrográfica do Rio Grande.

Mesa de Trabalhos - Compuseram a mesa de trabalho os deputados Anderson Aduato (PL), coordenador da reunião; Paulo Piau (PFL) e Adelmo Carneiro Leão (PT); além do secretário municipal de Planejamento e Meio Ambiente de Uberaba, Gilberto Facery; do presidente da Câmara Municipal de Uberaba, vereador Elmar Humberto Goulart; do presidente do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba (Codau), Hugo Sérgio Bichuette; e do presidente da Comissão Pró- Comitê da Bacia Hidrográfica dos afluentes mineiros do Baixo do Rio Grande, Fued Miguel Hube Filho.

 

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31 - 3290 7715