CPI vai investigar irregularidades em Ribeirão das Neves

A Assembléia Legislativa vai investigar denúncias de envolvimento de autoridades em esquema de facilitação de fuga e ...

11/12/2001 - 17:56
 

CPI vai investigar irregularidades em Ribeirão das Neves

A Assembléia Legislativa vai investigar denúncias de envolvimento de autoridades em esquema de facilitação de fuga e tráfico de droga em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Na reunião ordinária desta terça-feira (20/11/2001), a Presidência deferiu requerimento do deputado Irani Barbosa (PSD) solicitando a constituição de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para, no prazo de 120 dias, apurar o funcionamento do sistema prisional no Município de Ribeirão das Neves e outros, verificando a possível participação do Poder Público, com grupos criminosos organizados, no esquema de facilitação de fuga, tráfico de droga, liberdade e soltura extralegal.

Foi deferido, também, requerimento do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PPB) solicitando que o Projeto de Lei (PL) 1.689/2001, de sua autoria, seja incluído na ordem do dia do Plenário. O projeto permite ao professor, ocupante de cargo efetivo do magistério, em exercício no órgão central da Secretaria de Estado da Educação ou nas Superintendências Regionais de Ensino, a permanência no quadro do magistério com lotação em caráter excepcional, até completar o tempo necessário para sua aposentadoria.

Comissão Especial de Veto

Durante a reunião, foram designados os deputados que irão integrar a Comissão Especial encarregada de emitir parecer sobre o veto parcial à Proposição de Lei 14.916, ex-Projeto de Lei , do deputado , que . Foram indicados os deputados Dimas Rodrigues (efetivo) e Geraldo Rezende (suplente), pelo Bloco Parlamentar Democrático Progressista; Marcelo Gonçalves e João Batista de Oliveira, pelo PDT; Gil Pereira e Pinduca Ferreira, pelo PPB; Maria José Haueisen e Durval Ângelo, pelo PT; e João Leite e Miguel Martini, pelo PSDB.

 

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31 - 3290 7715