Alemg fará diagnóstico da Bacia do Rio das Velhas

Fazer um diagnóstico da Bacia do Rio das Velhas e levantar propostas para a proteção das suas águas é o objetivo do C...

11/12/2001 - 17:56
 

Alemg fará diagnóstico da Bacia do Rio das Velhas

Fazer um diagnóstico da Bacia do Rio das Velhas e levantar propostas para a proteção das suas águas é o objetivo do Ciclo de Debates "Proteção Ambiental do Rio das Velhas: Situação Atual e Perspectivas", que será promovido pela Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais (Alemg) na sexta-feira (9/11/2001), às 8h30. O Ciclo de Debates faz parte do Movimento "Minas em Defesa das Águas", uma campanha realizada pela Alemg em parceria com instituições públicas e entidades da sociedade civil. Dentre os objetivos do movimento estão lutar pelo controle público dos recursos hídricos e energéticos e contra a privatização da empresa Furnas Centrais Elétricas S.A.

O evento será aberto no Plenário pelo presidente da Assembléia, deputado Antônio Júlio (PMDB). O primeiro painel, às 9 horas, vai discutir "Conceituação e Gestão de APAs e Outras Unidades de Conservação" e se subdividirá em "Gestão e Financiamento das APAs", "Aspectos Legais do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) e Código Florestal", e "Responsabilidade do Estado na Administração das APAs da Bacia do Rio das Velhas". Os expositores serão a representante do Ibama, Sônia Maria Pereira Wiedmann, e o diretor de Proteção à Biodiversidade do IEF, Miguel Ribon. Os debates serão coordenados pelo deputado Fábio Avelar (PL).

O segundo painel, a partir das 10h30, será sobre "Diagnóstico das Unidades de Conservação Existentes na Bacia do Rio das Velhas", com a exposição da especialista em Áreas Naturais e pesquisadora da Feam, Regina Maria de Fátima Camargos, que falará sobre o "Zoneamento Ecológico e Econômico e Importância das APAs para Manutenção dos Cursos D água". A consultora em Educação Ambiental Rosa Maria Ferreira também participará deste painel, falando sobre "Educação Ambiental". Os debates serão coordenados pelo deputado José Milton (PL).

O presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), José Mendo Mizael de Souza; o gerente de Normas e Assuntos Estratégicos da Cimento Portland, Mário William Esper; o presidente da Câmara de Indústria e Turismo da Fiemg, Eberrab Alchinger; o prefeito de Sabará, Wander Borges; e o prefeito de Santana de Pirapama, Geraldo Marques da Fonseca, serão os responsáveis pelo painel "Atividades econômicas nas APAs", a ser apresentado a partir das 14 horas. O último painel, "Estudo de Casos de Implantação de APAs", está previsto para as 15h15. Serão expositores a diretora de Normatização e gerente da APA-Sul, Ana Bax; o representante do Projeto Manuelzão, Edésio Teixeira de Carvalho; um representante da APA Carste de Lagoa Santa; o representante do Comitê Manuelzão de Lagoa Santa, Gil César Moreira de Abreu; e o gerente do Parque Nacional da Serra do Cipó, Albino Batista Gomes.

Presenças e informações - As presenças podem ser confirmadas pelo telefone (31) 3290-7800, pelo fax (31) 3290-7670 ou pessoalmente, na Coordenação de Atendimento ao Cidadão (CAC) da Assembléia - Rua Rodrigues Caldas, nº 30, térreo. Informações técnicas podem ser obtidas na Gerência-Geral de Projetos Institucionais (GPI), pelo telefone (31) - 3290-7686/7687.

Apoio - O Ciclo de Debates tem o apoio do Comitê da Bacia do Rio das Velhas (CBHRV); Copasa; Cemig; Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam); Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam); Projeto Manuelzão; Secretaria do Estado de Minas e Energia (Seme) e Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31 - 3290 7715