Cipe integra comissão que articulará comitê do Rio Doce

A criação da comissão provisória para a instituição do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce marcou a visita da Ci...

31/05/2001 - 09:47

alinfor.gif (4077 bytes)



 

Cipe integra comissão que articulará comitê do Rio Doce

A criação da comissão provisória para a instituição do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce marcou a visita da Cipe Rio Doce a Caratinga, na última quinta-feira (24/5/2001), onde aconteceu o 4º Seminário de Desenvolvimento Sustentável de Caratinga e região, promovido pela Prefeitura e pela Associação de Defesa do Rio Caratinga (Aderc). Na sexta-feira (25), a Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio Doce reuniu-se em Governador Valadares, maior cidade às margens do rio. "A reunião foi emblemática, pois captamos o sentimento de que é preciso agir imediatamente e mostramos que os parlamentares têm como ajudar a sociedade", ressaltou o presidente da Cipe Rio Doce, deputado Agostinho Silveira (PL), eleito para o cargo em maio deste ano. Na condição de agentes políticos, acrescentou, os parlamentares promovem o encontro de interesses comuns, mobilizando e cobrando ações do Executivo e de autoridades federais e estaduais.

Desafio para 2001 - A implantação do Comitê da Bacia do Rio Doce é o grande projeto da Cipe para este ano. Minas terá 38 nomes no comitê, já que 86% da bacia estão em território do Estado, com 207 dos 230 municípios abrangidos por ela. O Espírito Santo é a outra unidade da Federação banhada pelo rio, sendo representado na Cipe pelo deputado Gilson Amaro, vice-presidente. Com a criação do comitê, uma exigência legal, será possível postular verba e cobrar pelo uso e pela poluição das águas da bacia. A comissão provisória, nesse sentido, é fundamental, pois seu trabalho é colher assinaturas e propostas para a criação do comitê definitivo. A próxima reunião da comissão provisória será no dia 4 de junho, em Governador Valadares. A Cipe, que participa do grupo, é representada pelo deputado José Henrique (PMDB), membro efetivo.

Dos eventos em Caratinga e Valadares participaram, ainda, os deputados Ivo José (PT), 2º-vice-presidente da Assembléia e 1º-secretário da Cipe; e Mauro Lobo (PSDB) e José Henrique (PMDB), membros efetivos. O presidente da Cipe, deputado Agostinho Silveira (PL), informou, também, que a bacia do Rio Doce foi escolhida como piloto de um convênio com a França, firmado em 1998, que avançou em estudos e diagnóstico. Existe um plano diretor que poderá ser atualizado, segundo Silveira, com a instituição do comitê de bacia.

Os próximos eventos da Cipe Rio Doce programados são:

* 5 de junho: participação da comissão em evento em comemoração ao Dia Internacional do Meio Ambiente

* 17 a 20 de junho: participação no 3º Encontro de Comitês de Bacia, em local a ser definido

* 25 de junho: reunião de trabalho em Belo Horizonte

* 2 de julho: visita técnica da Cipe Rio Doce a Colatina (ES)

* 13 de agosto: encontro em Ponte Nova

* 27 de agosto: encontro em Guanhães

* 3 a 6 de setembro: participação no 4º Diálogo dos Águas, em Foz do Iguaçu (PR), do qual vai participar o deputado Ivo José (PT)

* 28 de setembro: reunião em Belo Horizonte

* 19 de outubro: reunião em Vitória (ES), para apresentação do relatório de todas as atividades da Cipe Rio Doce no ano, visando, sobretudo, à criação do comitê

 

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31-32907715