Comissão debate situação dos Cesecs mineiros

Em audiência pública realizada nesta terça-feira (29/5/2001), no Auditório da Assembléia, a Comissão de Educação, Cul...

30/05/2001 - 09:05

alinfor.gif (4077 bytes)



 

Comissão debate situação dos Cesecs mineiros

Em audiência pública realizada nesta terça-feira (29/5/2001), no Auditório da Assembléia, a Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia discutiu, com convidados, a situação do Centro Estadual de Educação Continuada (Cesec) e suas regionais. Foram aprovados dois requerimentos do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSD), parlamentar que solicitou a reunião. O primeiro solicita visita da Comissão ao ministro da Educação, Paulo Renato Sousa, para obter informações quanto à liberação de recursos para fomentar os Cesecs no Estado de Minas Gerais. O segundo solicita informações do ministro sobre o cronograma de cursos direcionados para a educação de jovens e adultos, programados por aquele Ministério.

O Cesec atende jovens e adultos que não tiveram acesso escolar em idade adequada. Segundo o deputado Dalmo Ribeiro Silva, são 95 unidades no Estado e 38 postos de educação continuada, que atendem atualmente mais de 70 mil jovens e adultos. Atuando há 25 anos, o Cesec foi criado em substituição ao antigo Centro de Estudos Supletivos (Cesu).

A coordenadora de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Estado e Educação, Maria de Lourdes Caixeta Leite, falou sobre a meta a ser alcançada para melhor atuação na educação. "Precisamos suprimir a escolaridade básica e partir para o estudo de educação continuada, buscando a atualização e o aperfeiçoamento, visando a uma educação permanente", afirmou a coordenadora. Segundo ela, já há um trabalho de revitalização do Cesec, além de terem sido pleiteados à Secretaria mais investimentos.

Resolução - "O Conselho Regional de Educação acaba de aprovar a resolução que estabelece normas para a implementação da educação de jovens e adultos", afirmou Maria Auxiliadora de Araújo Machado, representante do Conselho. Segundo ela, essa resolução apóia todos os envolvidos nesse tipo de educação. Representantes da Secretaria de Ciência e Tecnologia e da Companhia de Processamento de Dados do Estado de Minas Gerais (Prodemge) se dispuseram a firmar parcerias com a Secretaria de Educação para melhor funcionamento do Cesec. "A capacitação técnica e científica de mão-de-obra é um de nossos programas realizados em parceria", relatou Domingos Gentil Queiroz, da Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Crítica - Alguns funcionários de Cesecs fizeram intervenções na reunião. "A Secretaria de Educação realiza vista grossa em relação ao Cesec", denunciou Luís Cláudio, funcionário do Cesec em Santa Maria do Suaçuí. Representantes do Cesec de Contagem reclamaram do pequeno número de funcionários e da falta de material didático para a maioria dos alunos, que segundo eles, são carentes. Funcionários de Várzea da Palma, Ouro Fino e Ferros pediram, ainda, agilidade para implantação do ensino médio.

O deputado Dalmo Ribeiro Silva propôs formar uma comissão, possivelmente liderada pela coordenadora de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria da Educação, Maria de Lourdes Caixeta Leite, destinada a levantar elementos necessários para a apresentação de um projeto de lei específico sobre o Cesec.

Presenças - Participaram a reunião os deputados Antônio Carlos Andrada (PSDB), Dalmo Ribeiro Silva (PSD), João Pinto Ribeiro (PTB), José Henrique (PMDB) e Márcio Cunha (PMDB). A coordenadora de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Estado da Educação, Maria de Lourdes Caixeta Leite; a diretora do Cesec de Pouso Alegre, Maria Antonieta Bagione Tiburzio; de Ouro Fino, Benedita de Oliveira; a representante do Conselho Regional de Educação Maria Auxiliadora de Araújo Machado; Domingos Gentil Queiroz, da Secretaria de Ciência e Tecnologia; Osmar Aleixo Rodrigues, da Prodemge; e de mais representantes de Cesecs.

 

 

 

 

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31-32907715