Turismo deve ampliar parcerias, afirma Secretário

"Ampliar parcerias é o essencial para transformar Minas no maior pólo turístico do País". Quem afirmou foi o secretár...

05/04/2001 - 12:23

alinfor.gif (4077 bytes)



Turismo deve ampliar parcerias, afirma Secretário

"Ampliar parcerias é o essencial para transformar Minas no maior pólo turístico do País". Quem afirmou foi o secretário de Estado do Turismo de Minas Gerais, Manoel Costa, que participou nesta quarta-feira (04/04/2001), de reunião da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio. Segundo ele, existe uma preocupação da secretaria e do governo Itamar Franco, em criar uma política para o turismo, e que reflita na economia. "Só o turismo proporciona em qualquer lugar o resgate do valor local", afirmou. Ele disse ainda que desenvolver uma política para o setor implica não deixar que o turista vá "além mares". "Este é o desafio que temos que enfrentar".

O secretário lembrou ainda que o número de pessoas que conhecem pólos turísticos fora de Minas é maior que dentro do próprio Estado. Segundo ele, atrativos como transporte, hospedagem, alimentação, serviços turísticos e um bom comércio fazem parte da cadeia produtiva do Turismo, e são considerados a base para seu sucesso. O secretário disse ainda que há uma preocupação em encontrar mais financiamentos para que o empresário consiga desenvolver seu negócio. O marketing e a divulgação também foram citados como essenciais para a propagação do turismo em Minas.

O subsecretário adjunto do Turismo, Antônio Henrique Borges Paula, falou sobre programa "Fazenda Mineiras", que estimula o surgimento de hotéis-fazendas, que são forte atrativo para as pessoas dos grandes centros urbanos. Ele falou também sobre o Programa de Ação para o Desenvolvimento do Turismo nas Regiões Norte e Nordeste de Minas Gerais (Prodetur-MG), área de atuação da Sudene. Segundo ele, o programa, que foi criado em 94, promove a geração de emprego e renda, visando a melhoria das condições sócio-econômicas da população. "Encontramos o Prodetur-MG em situação avançada", afirmou. O deputado Fábio Avelar (PPS), disse que esta política para o turismo deve ser prioridade no governo de Minas. "Minas tem muito o que mostrar", declarou.

Requerimentos aprovados

Foram aprovados quatro requerimentos, sendo dois da deputada Elbe Brandão (PSDB), um do deputado Gil Pereira e outro do deputado Fábio Avelar (PPS). Elbe Brandão pediu que a comissão a designe e ao deputado Gil Pereira (PPB), para, juntamente com os deputados Márcio Kangussu (PPS) e Luiz Tadeu Leite (PMDB), fazer acompanhamento do Prodetur Nordeste. O segundo requerimento da deputada solicita que sejam convidados membros da Sangetur para apresentarem o projeto "Horizontes" à Comissão. O deputado Gil Pereira (PPB) solicitou a realização de audiência pública com a participação das cidades de São Romão, Pirapora, São Roque de Minas, Januária e demais municípios da região, para discutirem as questões ligadas ao turismo em torno do Rio São Francisco, para subsidiar o seu parecer ao PL 1.392/2001, de autoria do Deputado Wanderley Ávila, que visa declarar o trecho mineiro do Rio como Patrimônio Turístico e Paisagístico do Estado de Minas Gerais. O deputado Fábio Avelar (PPS) pediu a realização de audiência pública na Assembléia para se discutir, com os representantes das escolas formadoras de profissionais na área de Turismo, a grade curricular dos cursos.

PRESENÇAS

Participaram da reunião os deputados Maria Olívia (PSDB), presidente da Comissão; Gil Pereira (PPB), Fábio Avelar (PPS), Márcio Cunha (PMDB) e Elbe Brandão (PSDB). Os convidados foram o secretário de Estado do Turismo, Manoel Costa e, o subsecretário adjunto do Turismo, Antônio Henrique Borges Paula.

Responsável pela informação: Assessoria de Comunicação - 31-32907715