Oscar Corrêa e neta de Ziller falam sobre "Memória Política"

Oscar Corrêa e neta de Ziller falam sobre "Memória Política" Em solenidade no Salão Nobre da Assembléia, com a presen...

19/10/2000 - 15:13

Oscar Corrêa e neta de Ziller falam sobre "Memória Política"

Em solenidade no Salão Nobre da Assembléia, com a presença de diversos deputados, políticos e professores, foram lançados, na noite de quarta-feira (18/10/2000), mais dois volumes da coleção "Memória Política de Minas", acrescentados ao acervo do Projeto de História Oral, desenvolvido com objetivo de recuperar fatos marcantes da política mineira através de depoimentos.

Os volumes 2 e 3 foram elaborados com base em depoimentos dos ex-deputados estaduais Oscar Dias Corrêa e Armando Ziller, a partir de 1947, quando foram eleitos. Oscar Dias Corrêa cumpriu dois mandatos como deputado estadual e três mandatos na Câmara Federal, tendo sido, também, ministro do Superior Tribunal Federal, presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro da Justiça. Armando Ziller militou no Partido Comunista Brasileiro (PCB), esteve exilado durante 17 anos, vindo a falecer em 1992.

AGRADECIMENTOS

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Anderson Adauto (PMDB), abriu a solenidade exaltando a figura dos dois políticos, ressaltando "a coerência com que Armando Ziller pautou seus atos, qual Dom Quixote, fiel ao ideal socialista, lutando honesta e abnegadamente por ele. Já o ministro Oscar Dias Corrêa - que, para felicidade nossa, aqui se encontra nesse lançamento, pode-se dizer que continua a consolidar o contributo formidável a Minas e ao Brasil."

Oscar Dias Corrêa agradeceu a homenagem com elogios ao ex-deputado Armando Ziller, "uma das figuras mais impressionantes do Legislativo mineiro de então, marcando sua presença com debates memoráveis em plenário." O ex-ministro da Justiça afirmou, ainda, que, a despeito de estar afastado da vida pública, não desertou dela, "porque todos temos o dever de lutar pelo Brasil, País de um povo que sofre, paga impostos e não vê a retribuição de tanto esforço."

Eleonora Ziller Camenietzki, neta do ex-deputado Armando Ziller, falando em nome da família, agradeceu à Assembléia Legislativa "pelo trabalho em defesa da memória, da justiça e da democracia." Ela vê reconhecido o esforço de seu avô, que viveu durante 17 anos no exílio, onde permaneceu lutando pela causa dos comunistas.

PRESENÇAS

Estiveram presentes à solenidade, além do presidente da Assembléia, deputado Anderson Adauto (PMDB), os deputados Sávio Souza Cruz (PSB), representando o governador Itamar Franco; os deputados Amilcar Martins (PSDB) e Sebastião Navarro Vieira (PFL) e os ex-deputados Emílio Gallo, Genival Tourinho e Aloísio Garcia, além do professor Aluísio Pimenta e familiares dos dois homenageados.

 

Responsável pela informação - Eustáquio Marques - ACS - 31-2907715