Projeto Manuelzão é homenageado no Plenário

Projeto Manuelzão será homenageado no Plenário Será realizada amanhã no Plenário da Assembléia Legislativa, em comemo...

01/06/2000 - 19:09

alinfor.gif (4077 bytes)



Projeto Manuelzão será homenageado no Plenário

Será realizada amanhã no Plenário da Assembléia Legislativa, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, uma reunião especial em homenagem ao "Projeto Manuelzão", a pedido do deputado Fábio Avelar (PPS). A reunião contará com as participações do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, deputado federal Tilden Santiago; do presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), engenheiro Márcio Tadeu Pedrosa; da presidente da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA), Maria Dalce Ricas; do reitor do Unicentro Newton de Paiva, Newton Paiva Ferreira Filho, e do coordenador do Projeto Manuelzão, professor Apolo Heringer Lisboa.

O Projeto Manuelzão nasceu na UFMG, no Internato Rural da Faculdade de Medicina, tendo agrupado 51 municípios da área geográfica da bacia do Rio das Velhas. Tem como eixo temático as áreas de saúde, ambiente e cidadania. O projeto busca integrar instituições governamentais, empresas privadas e setores organizados da população, por meio de pesquisas científicas que operam na liberação de diagnósticos ambientais.

Atuação - A educação ambiental serve como referência para o desenvolvimento econômico e social sustentável da região da Bacia do Rio das Velhas. Os fatores responsáveis pela degradação da bacia, bem como as ações e propostas, são alguns objetivos básicos do programa.

Problemas e soluções - Entre os problemas existentes na bacia estão o esgoto e destino dos efluentes; coleta e destinação final do lixo; qualidade da água e mortandade dos peixes; desmatamento e falta de preservação do ecossistema natural; turismo predatório; preservação dos mananciais e cursos d’água; doenças relacionadas a fatores ambientais e de saneamento básico; pesquisas na bacia; educação ambiental; práticas agrícolas da produção animal e agroindustriais; aplicação da legislação ambiental; desinformação e desmobilização e produção industrial e mineral. O projeto conta com estratégias de transformação, criando estratégias de cuidados com o esgoto e o lixo; implementando o programa SOS Rio das Velhas; fazendo ecoturismo e turismo rural; e promovendo também, em toda a Bacia do Rio das Velhas, desenvolvimento das áreas educacionais, científicas e artísticas.

Responsável pela informação: Janaina da Cunha- ACS - 31-2907715