Exposição , teatro e música comemoram 500 anos do Brasil

Uma das maiores riquezas históricas do Brasil, o barroco mineiro, é a atmosfera representada pela artista plástica An...

06/04/2000 - 23:49

Exposição , teatro e música comemoram 500 anos do Brasil

Uma das maiores riquezas históricas do Brasil, o barroco mineiro, é a atmosfera representada pela artista plástica Ana Dias em sua exposição "Testemunhos de Portugal". A exposição ficará no Espaço Político-Cultural da Assembléia até esta sexta-feira (07/03 2000), dentro da programação das comemorações dos 500 anos. A mostra é composta por 11 telas a óleo que retratam o ambiente das cidades portuguesas do ciclo do ouro, além de seis objetos de arte que resgatam peças históricas das fazendas de escravos em Soares, próximo a Ouro Preto. A exposição chama a atenção para a necessidade da preservação de um acervo cultural de grande relevância não só para o Estado, mas para todo o País.

"Testemunhos de Portugal" surgiu de um convite da embaixada de Portugal em Brasília a Ana Dias. A artista, que é natural de Congonhas, inclui em sua trajetória exposições individuais e coletivas em importantes galerias do Brasil, Europa e Estados Unidos. Nos EUA, realizou um trabalho com a utilização da técnica de silk monotype junto ao estúdio Muriel, responsável pelos trabalhos de impressão do artista norte-americano Andy Warhol.

Jojô e Palito
Os estudantes das escolas da rede pública terão oportunidade de assistir ao espetáculo "O Descobrimento do Brasil, Com Jojô e Palito". A peça, de autoria de Joselma Luchini, encenada pelo grupo de teatro Faós, será apresentada no Teatro da Assembléia nesta segunda-feira (03/04/2000) e nos próximos dias 10 e 17 de abril, às 9 horas, para os alunos da rede pública, com entrada franca. A intenção é de que o público recorde a história do descobrimento através de momentos lúdicos, o que levará a uma nova reflexão.

A peça, que é praticamente um musical, conta a história desde os grandes descobrimentos marítimos portugueses até o encontro com os índios Tupis, no momento da descoberta do Brasil. Os personagens principais são Jojô e Palito, que saem da cidade moderna e, através de uma máquina do tempo, são transportados ao passado. A dupla embarca na nau de Cabral e vive as emoções da longa viagem. O espetáculo tem cunho educativo e possibilita ao público infantil relembrar a história através de uma rica encenação.

O texto e a direção são de Joselma Luchini; a produção é do grupo de teatro Faós; os cenários de Silvino Fernandes; os figurinos de Décio Noviello; a música de Ladyston do Nascimento e os arranjos, de Weber Lopes. A peça está também em cartaz para todo o público aos sábados e domingos às 17 horas; os ingressos são vendidos a preços populares por R$ 4,00.

Zás Especial
O coral da Associação dos Servidores Legislativos de Minas Gerais (Aslemg) fará uma apresentação no Projeto Zás, nesta sexta-feira (07/04/2000), ao meio- dia, no Teatro da Assembléia. No roteiro musical estarão composições eruditas, populares e folclóricas, entre elas a Ave Maria de Villa Lobos e "Lua Lua", de Caetano Veloso. Os eventos, que fazem parte das comemorações dos 500 anos do Brasil pela Assembléia, têm o objetivo de vislumbrar a realidade brasileira através de uma perspectiva crítica e reflexiva, conciliando as lembranças do passado com as perspectivas do futuro.


Responsável pela informação: Ana Carolina - ACS - 31-2907715