Assembléia homenageia 20 anos do PT

Com a presença de diversos deputados, autoridades governamentais, deputados federais e militantes partidários, foi re...

26/02/2000 - 00:42

Assembléia homenageia 20 anos do PT

Com a presença de diversos deputados, autoridades governamentais, deputados federais e militantes partidários, foi realizada na noite de quarta-feira (23/02/00) Reunião Especial em comemoração aos 20 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores (PT).

Iniciando a solenidade, o 2º-vice-presidente da Assembléia, deputado Durval Ângelo (PT), afirmou em seu discurso que "é com orgulho que participo desta comemoração dos 20 anos do PT, partido que integro e cujas ideologias regem a minha vida política. São duas décadas que mostram claramente uma trajetória de crescimento e amadurecimento. Com satisfação, constato: não nos deixamos prender a um único contexto, não paramos no tempo. O Brasil mudou, o mundo mudou, e o PT acompanhou".

"Para comprovar, basta lembrarmos como foi que o partido nasceu: naquele movimento do ABC Paulista, da necessidade dos metalúrgicos de uma representatividade organizada. Nossas raízes estão lá, no movimento sindical, no grito da classe operária, no exemplo de Lula, que mostrou ter o trabalhador brasileiro muito o que dizer", prosseguiu Durval Ângelo.

Segundo ele, se os militantes e membros do PT mantiverem a união que construiu o partido, certamente os próximos 20 anos serão ainda mais construtivos. "Se mantivermos a ideologia que faz do PT o Partido dos Trabalhadores, iremos muito, muito mais longe. É como diz um dos hinos do PT: 'Brilha uma estrela, cresce a esperança. Sem medo de ser feliz'", concluiu.

MILITÂNCIA APAIXONADA - Já o líder do PT, deputado Adelmo Carneiro Leão, foi enfático ao afirmar que os 20 anos do PT constituem uma história singular, alicerçada, principalmente, nos sonhos de muitos brasileiros, "jovens e velhos; trabalhadores do campo e da cidade; intelectuais; mulheres e homens que viveram e vivem intensamente o seu tempo, ousando fazer diferente, como o "Seu" Milton, "Seu" Joaquim, Helena Greco, Dazinho, Chico Mendes, tantas companheiras e companheiros anônimos". Na avaliação do deputado, o PT é respeitado por seus deputados estaduais, federais e pelos senadores que possui. "Somos um partido que tem a militância mais apaixonada deste País", ressaltou.

Para a presidente regional do PT, deputada federal Maria do Carmo Lara, "falar dos 20 anos do PT é falar da vida de cada um, além de falar da caminhada na vida do nosso País. Contar um pouco da nossa história, é resgatar um pouco da caminhada de cada militante, de cada pessoa por este Brasil afora, e hoje, especificamente, no nosso Estado de Minas Gerais. Não foi fácil chegar aqui. Todos sabemos quanto custou. Vidas, lutas, caminhadas e dificuldades", salientou a deputada federal, que foi prefeita de Betim.

Representando o governador Itamar Franco, o secretário de Estado do Meio Ambiente, deputado Tilden Santiago (PT), congratulou-se com todos os petistas de Minas Gerais e do Brasil, "por termos feito essa caminhada de 20 anos". "Fica, aí, companheirada, o desafio. Fica, aí, o abraço do Itamar. Mas o desafio está colocado, tanto para o Partido dos Trabalhadores como para o Governo de Minas e outros governos estaduais de oposição, de superar o modelo de desenvolvimento produtivista que aí está, liderado por Fernando Henrique Cardoso", afirmou.

O presidente da Assembléia, deputado Anderson Adauto (PMDB), saudou os petistas lembrando que os partidos políticos que se sustentam, na vida de uma Nação, são aqueles que conseguiram alcançar real representatividade junto ao povo. "Na qualidade de presidente da Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais, cabe-nos a honra de formalizar esta homenagem ao PT. E o fazemos com sentimento de particular afinidade, já que, nesta Casa, estabelecemos uma coligação positiva", disse.

Ao encerrar a solenidade, Anderson Adauto fez a entrega de uma placa alusiva ao evento à presidente regional do PT, deputada federal Maria do Carmo Lara, e recebeu das mãos do deputado Durval Ângelo um livro de memórias do Partido dos Trabalhadores.

MESA - Compuseram a Mesa, além do deputado Anderson Adauto, o secretário de Estado do Meio Ambiente, Tilden Santiago, representando o governador Itamar Franco; a deputada federal Maria do Carmo Lara; os deputados federais Gilmar Machado, João Magno e Virgílio Guimarães, da Bancada do PT; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, coronel José Maria Gomes; o líder do PT na Assembléia, deputado Adelmo Carneiro Leão; o 2º-secretário da Assembléia Legislativa, deputado Gil Pereira (PPB); o deputado Durval Ângelo (PT); Romênio Pereira, membro da Executiva Nacional do PT; e o prefeito de Itabira, Jackson Alberto Tavares.


Responsável pela informação: Eustaquio Marques-ACS-312907812