Notícias

30/03/2017

Igualdade de gênero ainda é desafio nas instâncias de poder

Palestrantes apontam a influência do machismo nas relações de trabalho, durante encerramento de ciclo de debates.

30/03/2017

Mulheres pedem maior representatividade na ALMG

Frente parlamentar e garantia de vaga para as deputadas na Mesa da Assembleia são demandas apresentadas em evento.

Encerrado

Ciclo de Debates Pela Vida das Mulheres: Educação, Enfrentamento do Machismo e Garantia de Direitos
Data: 30/03/2017

O objetivo do evento é marcar o 8 de março como momento de mobilização e debate sobre os efeitos da cultura machista na vida das mulheres. A discussão sobre gênero no âmbito da educação formal, o machismo nas instituições e a garantia de direitos das mulheres são alguns dos temas que pautam o evento.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão
30/3/2017 (quinta-feira)
  • 13 horas: Credenciamento
  • 14 horas: Abertura
  • 15 horas: Painel "A importância das discussões relativas a gênero e do enfrentamento da cultura do machismo na educação"
    - Iara Pires Viana, superintendente de Modalidades e Temáticas Especiais de Ensino da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG)
    - Valéria Morato, presidenta do Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro-MG)

  • 16 horas: Debates

  • 17 horas: Apresentação Cultural
    Dona Jandira

  • 18 horas: Painel "Enfrentamento do machismo institucionalizado para garantir a participação da mulher nas instâncias de poder e decisão"
    - Nilma Lino Gomes, professora de graduação e pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FAE-UFMG). Ministra das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos do Brasil de outubro de 2015 a maio de 2016
    - Rosana Leite Antunes de Barros, coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública de Mato Grosso
    - Eneida da Costa, integrante do Coletivo de Mulheres da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG)

  • 19 horas: Painel "Mulheres, respeito às diversidades e garantias de direitos"
    - Ana Ester Freire, teóloga e doutoranda em Ciências da Religião pela PUC Minas
    -
    Sayonara Nogueira, representante do Brasil na ONG Transgender Europe (TGEU)
    - Sandra Silvestrini, presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça de Primeira Instância de Minas Gerais (Serjusmig)

  • 20 horas: Debates

  • 21 horas: Encerramento

Objetivos

O Ciclo de Debates Pela Vida das Mulheres marca o mês de março como momento de mobilização e luta pela garantia dos direitos das mulheres e pela igualdade de gênero contra o machismo.

Objetivo geral do evento:

  • Marcar o 8 de março como momento de mobilização e luta pela garantia dos direitos das mulheres e pela igualdade de gênero contra o machismo.

São objetivos do evento:

  • Discutir sobre a importância do debate de gênero e contribuir para o respeito à diversidade na educação formal e informal;
  • Garantir mecanismos de ingresso e permanência de mulheres nos espaços de poder e decisão;
  • Debater as reformas legislativas, o retrocesso nas políticas públicas e os impactos na vida das mulheres;
  • Comprometer a ALMG com a defesa e promoção dos direitos das mulheres.

 

Entidades parceiras

  • Associação das Prostitutas de Minas Gerais – Aprosmig
  • Associação Mineira de Municípios – AMM
  • Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB Minas
  • Centro Risoleta Neves de Atendimento à Mulher – Cerna   
  • Conselho Nacional dos Direitos da Mulher – CNDM
  • Conselho Estadual da Mulher – CEM
  • Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Belo Horizonte
  • Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Ribeirão das Neves
  • Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais – 4ª Região
  • Consórcio Regional de Promoção da Cidadania Mulheres das Gerais
  • Coordenadoria Especial de Políticas de Diversidade Sexual da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais – Cods / Sedpac
  • Coordenadoria Especial de Políticas para o Idoso da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais – Cepid / Sedpac
  • Delegacia Especializada na Defesa dos Direitos da Mulher em Situação de Violência - Nudem
  • Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais – Fesempre
  • Fórum de Mulheres do Mercosul – Capítulo Brasil
  • Igreja Batista Getsêmani – Bairro Dona Clara
  • Mandato da Deputada Federal Jô Moraes – Minas Gerais
  • Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Felisburgo
  • Movimento Popular da Mulher – MPM
  • Pastoral da Mulher Marginalizada
  • Polícia Civil do Estado de Minas Gerais
  • Rede Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher
  • Rede Nacional de Pessoas Trans do Brasil
  • Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais – SEE
  • Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – SES
  • Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais – Sedese
  • Sindicato dos Empregados das Empresas de Segurança e Vigilância de Minas Gerais – SEESVEMG
  • Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais – Sindpol
  • Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais – Sind-Ute
  • Subsecretaria de Igualdade Racial da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais – Sedpac
  • Subsecretaria de Políticas para as Mulheres da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais – Sedpac
  • Tribunal de Justiça de Minas Gerais – Vara de Violência Doméstica
Entenda o evento

EVENTO: Ciclo de Debates Pela Vida das Mulheres: Educação, Enfrentamento do Machismo e Garantia de Direitos
DATA: 30/3/17

Inscrições

  • On-line: 8 a 29/3/17 (até as 15 horas) - ENCERRADAS
  • Presenciais: Podem ser feitas no dia e local do evento (Rua Rodrigues Caldas, 30 - Térreo - Santo Agostinho - Belo Horizonte)


Notícias

30/03/2017

Igualdade de gênero ainda é desafio nas instâncias de poder

Palestrantes apontam a influência do machismo nas relações de trabalho, durante encerramento de ciclo de debates.

30/03/2017

Mulheres pedem maior representatividade na ALMG

Frente parlamentar e garantia de vaga para as deputadas na Mesa da Assembleia são demandas apresentadas em evento.

21/03/2017

Evento vai abordar cultura machista e opressão das mulheres

Ciclo de debates no dia 30 de março marca mobilização pela igualdade de gênero e pela garantia de direitos das mulheres.


Vídeos

30/03/2017

Contra o machismo e a favor do respeito

O debate "Pela Vida das Mulheres", realizado nesta quinta-feira (30.03), no Plenário da Assembleia, discutiu como a esco...

00:03:42 | (20919kb)

30/03/2017

Mulheres falam sobre machismo e opressão

O Assembleia Notícia conversou com algumas mulheres sobre questões do dia a dia em que elas percebem as desigualdades e ...

00:03:01 | (16557kb)

20/03/2017

Cobertura mês da mulher

Como o mês de março vem se firmando, ao longo dos anos, como o mês da mulher, movimentos sociais e instituições se dedic...

00:30:33 | (182191kb)


Áudios

03/04/2017

Mulheres querem mais participação na política

Essa é uma das reivindicações apresentadas no ciclo de debates promovido pela ALMG.

Seu browser não suporta flash player
00:03:17 | Download (3087kb)

30/03/2017

Especialistas defendem educação para garantir direitos das mulheres

No ciclo de debates promovido pela ALMG, também foram feitas críticas à reforma da Previdência.

Seu browser não suporta flash player
00:03:27 | Download (3242kb)

09/03/2017

Prazo final para se inscrever no ciclo de debates sobre diretos das mulheres

O evento faz parte de um conjunto de inciativas que marcam a mobilização pela garantia de direitos dessa parcela da população. Inscrição aberta até está quarta-feira (29/3).

Seu browser não suporta flash player
00:01:48 | Download (1688kb)

ALMG nas redes sociais


Receba as nossas notícias

Escolha os temas de seu interesse e receba as notícias diariamente.

Boletins por e-mail

A campanha "Isso é machismo. #NãoSouObrigada", que a ALMG lança nas redes sociais, vai ao encontro de um dos objetivos do Ciclo de Debates Pela Vida das Mulheres, que é o enfrentamento da cultura do machismo.

Quer participar? Personalize sua foto de perfil do Facebook e do Twitter:

 

Ao longo do mês de março, serão publicados nos perfis da ALMG nas redes sociais animações e vídeos que apontam situações de machismo vividas em casa, no trabalho e nos relacionamentos. O objetivo é mostrar que as mulheres não são obrigadas a aceitar comportamentos desse tipo no dia a dia. Acesse o conteúdo pelo Facebook e Youtube.