Consulta Pública - Consulta Pública Plano Estadual de Cultura
Consulta Pública - Consulta Pública Plano Estadual de Cultura O objetivo é recolher contribuições para o Fórum Técnico que discute o Plano Estadual de Cultura. Elas serão debatidas na etapa final do evento, entre 8 e 10/6/2016. A consulta é organizada em temas relacionados aos principais eixos de atuação do Estado na área da cultura:



As perguntas foram formuladas para estimular o participante no envio de suas sugestões. Cada participante é responsável pelo conteúdo de sua contribuição, que será publicada na íntegra, conforme os Termos de Uso e Política de Privacidade .

Para participar, faça seu cadastro no Portal da Assembleia. Se já for cadastrado, faça o login.

Links úteis:
Documento de Propostas do Fórum Técnico
Projeto de Lei nº 2.882/2015, que institui o Plano Estadual de Cultura.
Glossário de termos técnicos.


Últimas contribuições

Mostrando de 11 a 20 de 80 contribuições

Data Contribuições Temas
18/mai
19:02
Por Michelle Cristina Alves Silva | Flores de Jorge Cia Cênica | Âmbito Estadual | Uberaba/MG Acredito que os mecanismos de fomento deveriam se ater ao perfil das produções. Estimular principalmente um Fundo de Apoio a Pequenos Projetos, possibilitando que produções independentes possam circular pelo estado, especialmente pelo interior, é uma forma de fomento relacionada à descentralização do acesso. A renúncia fiscal deveria estar atrelada a um plano de mobilização do Estado junto a diferentes incentivadores, de forma que não apenas as grandes empresas que já estão habituadas a aportarem recursos para a cultura sigam incentivando projetos, mas que também vários empresários que estão fora do centro da capital mineira conheçam os benefícios da renúncia fiscal e incentivem um número maior de projetos.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Sistema de Financiamento à Cultura
22 contribuições
18/mai
18:59
Por Michelle Cristina Alves Silva | Flores de Jorge Cia Cênica | Âmbito Estadual | Uberaba/MG A promoção de atividades culturais precisa estar estreitamente relacionada à formação de público, necessidade cada vez mais premente no setor cultural e que muitas vezes é desconsiderada. Para tanto, haveria de ter um trabalho contínuo de promoção/circulação de trabalhos artístico-culturais no ambiente escolar, a fim de facilitar o acesso a inúmeros jovens e crianças que têm limitado o contato com os bens culturais. Também, é necessário um trabalho junto a educadores para que os mesmos tornem um hábito a abordagem do conteúdo cultura em suas disciplinas, em uma abordagem interdisciplinar e pedagógica. Como estimular isto? Promovendo que o contato com apresentações de teatro, dança, música, visitas à exposições seja recorrente na vida do aluno e do educador, dentro do seu horário de trabalho ou de aula e não uma atividade esporádica.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Direito à participação na vida cultural
6 contribuições
18/mai
18:54
Por Michelle Cristina Alves Silva | Flores de Jorge Cia Cênica | Âmbito Estadual | Uberaba/MG É relevante o trabalho de preservação e estímulo de várias comunidades tradicionais pertencentes ao Estado, a exemplo dos grupos de congado, folias de reis, marujadas, comunidades indígenas e quilombolas. Acredito que uma parceria junto ao IEPHA que tem mapeado inúmeras tradições do patrimônio imaterial de Minas Gerais seria relevante. Além disso, estimular que os próprios agentes destes saberes e fazeres possam fazer o registro de suas manifestações, estimulando, por exemplo, que os mais jovens, por meio de uma oficina de audiovisual façam o registro desta cultura e deem visibilidade à tais tradições, que correm o risco de desaparecimento.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Direito à memória, patrimônio, identidades e diversidade cultural
4 contribuições
18/mai
18:51
Por Michelle Cristina Alves Silva | Flores de Jorge Cia Cênica | Âmbito Estadual | Uberaba/MG Acredito que o fomento à produções independentes, que comprovadamente apresentem a impossibilidade de custeio de participar de eventos internacionais como representantes do Brasil e que apresentem propostas de conteúdos e estéticas de nossa identidade nacional e que, por exemplo, proponham o intercâmbio entre culturas latino-americanas deveriam ser reforçadas. Mais do que potencializar o intercâmbio entre grandes produções ou de grupos já expressivos consolidados no cenário nacional e internacional, é importante o edital de fomento a intercâmbio de trabalhos de artistas independentes, que têm muitas dificuldades de realizarem a circulação de seus trabalhos.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Direito ao intercâmbio e cooperação cultural
6 contribuições
15/mai
12:44
Por José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Acordo de cooperação entre SEC e ALMG
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Planos de Cultura
11 contribuições
13/mai
18:09
Por Carlos Antônio Duarte da Cruz | Carabina filmes | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG A principal providência a ser tomada com relação aos órgãos gestores culturais e a criação de portais de acesso do setor de produção cultural a esses órgãos, sejam através de sites ou de sistemas de reuniões setoriais, onde os atores do processo de produção cultural pudessem se expressar e comunicar suas demandas e necessidades. Seria algo que permitisse ao artista se aproximar dos gestores culturais e sugerir, propor, conversar, sem que necessariamente tivesse que apssar por um processo burocrático de formulários, regras limitações e objeções. Eliminaria-se, com isso, essa distância formal que sempre existiu entre os produtores de cultura no país e os órgãos de fomento e gestão de cultura.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Órgãos Gestores das Políticas Culturais
9 contribuições
13/mai
18:01
Por Carlos Antônio Duarte da Cruz | Carabina filmes | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Abrir o acesso de pessoas físicas ao FEC, definido percentual de recursos que seriam destinados a elas.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Planos de Cultura
11 contribuições
13/mai
17:47
Por Carlos Antônio Duarte da Cruz | Carabina Filmes | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG É essencial que se crie instâncias setorias de cultulra que trabalhe com as especificidades de cada área, pensando o processo de produção cultural como uma cadeia de processos e não apenas como ilhas isoladas de produção. Para isso, é importante que se trabalhe com pessoas indicadas ou eleitas por cada área específica, que sejam habilitadas e remuneradas para direcionar ações e recursos que fomentem tanto a formação, quanto a produção e distribuição de bens culturais, dentro da especificadade de cada área.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Sistemas Setoriais de Cultura
2 contribuições
13/mai
17:41
Por Carlos Antônio Duarte da Cruz | Carabina filmes | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG É essencial que se reveja com urgência o processo de financiamento público da cultura em Minas Gerais, que, em face de uma estrutura atual completamente viciada, está gerando um enorme distanciamento entre os produtores culturais e os possíveis incentivadores. Gerado principalmente por um processo que terceiriza para o artista o papel de convencimento ao empresariado da importância de investir em cultura, esse distanciamento tem gerado uma apatia no produtor, tanto no momento de fazer um projeto quanto no momento de captar, já que já existe uma rede já pronta de captadores/patrocinadores que se jactam de terem o domínio sobre os recursos e se divertem ao submeter os artistas a e produtores a seus processos humilhantes de captação de recurso. Para isso, é essencial que se reduza a um mínimo possível (20%, no máximo) o patrocínio através de Incentivo Fiscal e se direcione o resto a um fundo Estadual de Cultura que iria efetivar os patrocínios através de concursos e editais, restabelecendo, com isso, a confiança em um sistema humilhante e já falido de captação. Esse fundo teria um percentual já definido de recursos direcionado para organizações não governamentais (talvez algo em torno de 50%) e outro percentual aberto a empresas produtoras e pessoas físicas.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Sistema de Financiamento à Cultura
22 contribuições
13/mai
13:26
Por Marcia de Andrade | Âmbito Estadual | Belo Horizonte/MG Identificar vocações regionais para potencializar a organização de pólos de desenvolvimentos de cadeias produtivas da cultura.
Compartilhe:
Twitter Facebook
Permalink:

Sistema de Financiamento à Cultura
22 contribuições


páginas 2/8
Ir para Ir para
Compartilhe:
Twitter Facebook

Login

Entrar


Quantidade de contribuições

Todas: 80
Removidas pelo moderador (total): 0



Contribuições por tema














Contribuições mais apoiadas


3
José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Belo Horizonte/MG

Sobre as propostas 84 a 88, relativas à formação, acreditamos que se possa encaminhar um programa regular que envolva as(...)


2
José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Belo Horizonte/MG

Criação de uma câmara de fomento no âmbito da SEC/CONSEC de modo que seja possível o compartilhamento de informações e a(...)


2
José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Belo Horizonte/MG

O glossário disponibilizado no portal traz dois perfis de projetos: cidadania cultural e mercado. Entendemos que isto re(...)


1
José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Belo Horizonte/MG

O fundo Estadual de Cultura pode ter perfis diferenciados de aprovação de projetos em anos alternados, de modo a amplia(...)


1
José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Belo Horizonte/MG

Uma questão importante é estimular uma postura diferente por parte do poder público com relação aos membros de conselho (...)


1
José Oliveira Junior | Observatório da Diversidade Cultural | Belo Horizonte/MG

No caso de projetos de prefeituras a proposta é haver edital específico para o poder público, o qual deve ser voltado pa(...)