Voltar

LEI nº 1.021, de 16/09/1928

AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A GARANTIR, COMO FIADOR E PRINCIPAL PAGADOR, EMPRÉSTIMOS NO ESTRANGEIRO PARA O BANCO DE CRÉDITO REAL DE MINAS GERAIS, ATÉ DOIS MILHÕES DE ESTERLINAS, DESTINANDO-SE ESSA IMPORTÂNCIA A EMPRÉSTIMOS HIPOTECÁRIOS E AGRÍCOLAS E A EMPRÉSTIMOS A CÂMARAS MUNICIPAIS.
Origem LEGISLATIVO

Documentos