Twitter Facebook
Email Versão para impressão
Perguntas FrequentesPerguntas Frequentes




Notícias

26/04/2019

Participantes do PJ Minas podem se inscrever em dois cursos

Capacitações tratam de dinâmicas de grupo e etapa estadual e linguagem e parlamento. Inscrições vão até 13/8.

15/04/2019

Adolescentes trabalhadores da ALMG participam do PJ Minas

Presença de jovens do Núcleo Vida é inédita no projeto; 16ª edição aborda a discriminação étnico-racial.

facebook facebook
Carregando Carregando posts...
PJ Minas 2019 - 16ª edição - Tema: Discriminação Étnico-Racial

Câmaras participantes

Em 2019, na 16ª edição do Parlamento Jovem de Minas, são 94 cidades participantes, sendo 24 ingressantes.

Cidades Participantes
  • Alfenas 
  • Alfredo Vasconcelos 
  • Alvorada de Minas (INGRESSANTE)
  • Andradas
  • Araxá (INGRESSANTE)
  • Arcos 
  • Barbacena (INGRESSANTE)
  • Belo Horizonte
  • Bicas
  • Bocaiúva (INGRESSANTE)
  • Bom Despacho 
  • Brazópolis (INGRESSANTE)
  • Cachoeira de Minas
  • Camanducaia
  • Cambuí 
  • Capela Nova (INGRESSANTE)
  • Capelinha
  • Carandaí
  • Caratinga 
  • Carvalhópolis
  • Catas Altas 
  • Chiador 
  • Conceição da Barra de Minas (INGRESSANTE)
  • Conceição das Alagoas
  • Conceição do Mato Dentro
  • Conceição dos Ouros
  • Córrego do Bom Jesus
  • Conselheiro Pena 
  • Curvelo
  • Datas
  • Diamantina
  • Extrema
  • Gonçalves
  • Guapé (INGRESSANTE)
  • Guaxupé
  • Ibiracatu
  • Imbé de Minas (INGRESSANTE)
  • Itabira
  • Itajubá
  • Itamarandiba
  • Itanhandu
  • Itaú de Minas (INGRESSANTE)
  • Itaúna (INGRESSANTE)
  • Iturama
  • Janaúba 
  • João Monlevade
  • João Pinheiro
  • Juatuba (INGRESSANTE)
  • Juiz de Fora
  • Leopoldina
  • Lima Duarte (INGRESSANTE)
  • Limeira do Oeste
  • Machado
  • Malacacheta 
  • Mar de Espanha 
  • Maria da Fé
  • Marmelópolis (INGRESSANTE)
  • Matias Barbosa
  • Montes Claros
  • Nepomuceno 
  • Nova Serrana
  • Olaria
  • Ouro Fino
  • Pará de Minas 
  • Paraguaçu (INGRESSANTE)
  • Paula Cândido 
  • Piedade de Ponte Nova 
  • Piedade do Rio Grande (INGRESSANTE)
  • Piranga (INGRESSANTE)
  • Poços de Caldas
  • Ponte Nova
  • Prata (INGRESSANTE)
  • Presidente Kubitschek (INGRESSANTE)
  • Ressaquinha 
  • Sabinópolis 
  • Santana da Vargem 
  • Santa Rita de Caldas
  • Santa Vitória (INGRESSANTE)
  • Santos Dumont
  • São Domingos das Dores 
  • São Gonçalo do Rio Abaixo
  • São João do Paraíso (INGRESSANTE)
  • São José da Varginha (INGRESSANTE)
  • São Lourenço
  • São Sebastião do Paraíso
  • Senhora dos Remédios
  • Três Corações
  • Três Pontas
  • Ubá (INGRESSANTE)
  • Uberlândia
  • Urucânia (INGRESSANTE)
  • Varginha
  • Viçosa
  • Visconde do Rio Branco

Consulte a composição dos polos (pdf)
Consulte a lista das cidades participantes (pdf)

Polos regionais

Conheça os 16 polos regionais participantes da 16ª edição do Parlamento Jovem de Minas. São 94 cidades participantes, sendo 24 ingressantes.

Polos Regionais

ALTO JEQUITINHONHA/MUCURI

  • Capelinha
  • Datas
  • Diamantina
  • Itamarandiba (coordenação do polo)
  • Malacacheta
  • Presidente Kubistchek (ingressante)

 CAPARAÓ

  • Paula Cândido
  • Piedade de Ponte Nova
  • Piranga (ingressante)
  • Ponte Nova
  • Ubá (ingressante)
  • Urucânia (ingressante)
  • Viçosa (coordenação do polo)
  • Visconde do Rio Branco

METROPOLITANO I/CENTRAL

  • Belo Horizonte (coordenação do polo)
  • Curvelo
  • Juatuba (ingressante)

METROPOLITANO II

  • Alvorada de Minas (ingressante)
  • Catas Altas
  • Conceição do Mato Dentro (coordenação do polo)
  • Itabira
  • João Monlevade 
  • Sabinópolis
  • São Gonçalo do Rio Abaixo

NORTE

  • Bocaiúva (ingressante)
  • Ibiracatu
  • Janaúba
  • João Pinheiro
  • Montes Claros (coordenação do polo)
  • São João do Paraíso (ingressante)

 




OESTE

  • Arcos
  • Bom Despacho
  • Itaúna (ingressante)
  • Nova Serrana (coordenação do polo)
  • Pará de Minas
  • São José da Varginha (ingressante)

SUDOESTE

  • Guaxupé (coordenação do polo)
  • Itaú de Minas (ingressante)
  • Poços de Caldas
  • São Sebastião do Paraíso

SUL I

  • Camanducaia
  • Cambuí (coordenação do polo)
  • Córrego do Bom Jesus
  • Extrema
  • Gonçalves

SUL II

  • Brazópolis (ingressante)
  • Itajubá
  • Itanhandu
  • Maria da Fé (coordenação do polo)
  • Marmelópolis (ingressante)
  • São Lourenço

SUL III

  • Alfenas
  • Guapé (ingressante)
  • Nepomuceno
  • Paraguaçu (ingressante)
  • Santana da Vargem
  • Três Corações 
  • Três Pontas (coordenação do polo)
  • Varginha

 

SUL IV

  • Andradas
  • Cachoeira de Minas
  • Carvalhópolis
  • Conceição dos Ouros
  • Machado
  • Ouro Fino (coordenação do polo)
  • Santa Rita de Caldas

 



TRIÂNGULO

  • Araxá (ingressante)
  • Conceição das Alagoas (coordenação do polo)
  • Iturama
  • Limeira do Oeste
  • Prata (ingressante)
  • Santa Vitória (ingressante)
  • Uberlândia 

VALE DO AÇO/VALE DO RIO DOCE

  • Caratinga (coordenação do polo)
  • Conselheiro Pena
  • Imbé de Minas (ingressante)
  • São Domingos das Dores

VERTENTES

  • Alfredo Vasconcelos
  • Barbacena (ingressante)
  • Capela Nova (ingressante)
  • Carandaí (coordenação do polo)
  • Conceição da Barra de Minas (ingressante)
  • Piedade do Rio Grande (ingressante)
  • Ressaquinha
  • Senhora dos Remédios

ZONA DA MATA I

  • Bicas
  • Chiador
  • Leopoldina
  • Mar de Espanha
  • Matias Barbosa (coordenação do polo)
  • Olaria

 ZONA DA MATA II

  • Juiz de Fora (coordenação do polo)
  • Lima Duarte (ingressante)
  • Santos Dumont

 

Consulte a composição dos polos (pdf)
Consulte a lista das cidades participantes (pdf)

Câmaras ingressantes

Em 2019, na 16ª edição do Parlamento Jovem de Minas, são 94 cidades participantes, sendo 24 ingressantes.

As Câmaras ingressantes a seguir cumpriram todos os requisitos (fizeram inscrição, participaram do Curso de Formação de Coordenadores Municipais e entregaram o Termo de Adesão) e por isso se habilitaram como participantes da edição.

  • Alvorada de Minas
  • Araxá
  • Barbacena
  • Bocaiúva
  • Brazópolis
  • Capela Nova
  • Conceição da Barra de Minas
  • Guapé
  • Imbé de Minas
  • Itaú de Minas
  • Itaúna
  • Juatuba
  • Lima Duarte
  • Marmelópolis
  • Paraguaçu
  • Piedade do Rio Grande
  • Piranga
  • Prata
  • Presidente Kubitschek
  • Santa Vitória
  • São João do Paraíso
  • São José da Varginha
  • Ubá
  • Urucânia

Consulte a lista de cidades ingressantes (pdf)
Consulte a composição dos polos (pdf)
Consulte a lista das cidades participantes (pdf)

Adesões em 2019

As Câmaras Municipais que desejaram estar no PJ Minas em 2019 manifestaram seu interesse até 30/9/18.

Após essa data, as manifestações serão acolhidas e analisadas somente para a Edição 2020.

Como fazer:

A Câmara interessada deve enviar uma mensagem para o email pjminas@almg.gov.br com os seguintes dados:
- Nomes de dois potenciais coordenadores do projeto no município (com cargo e/ou função desempenhados).
- Número de telefone fixo.
- Número do celular.
- Email para contato.

 

Discriminação Étnico-Racial

Discriminação*: toda e qualquer forma de restrição, distinção ou exclusão que tenha por base raça, gênero, cor da pele, origem nacional ou étnica, linha familiar, condição social, orientação sexual, religião, valores culturais, deficiência, entre outros, que resulta em restrição ou até mesmo anulação de direitos individuais.

A discriminação racial tem origem longa e complicada, passando por massacres e processos seculares de escravização e segregação socioeconômico-cultural. É uma questão ainda não resolvida ou superada no mundo.

O Brasil não escapa a esse quadro, mas tem particularidades. A questão racial no nosso país está atrelada a traços de aparência fenotípicas (cor de pele e cabelo, formato de rosto ou nariz, etc) e não à questão da origem, parentesco ou consanguinidade. Isso vai exigir que nos descolemos de experiências e padrões estrangeiros para olharmos para a nossa realidade.

Além disso, sabemos que, apesar de avanços na legislação e nas ações afirmativas como a política de cotas, diversos indicadores, dados e fatos mostram a ainda dura realidade de discriminação contra a população negra, indígena e cigana - para citar alguns exemplos.

Tendo em vista tema tão complexo, a Coordenação Estadual do PJ Minas definiu três subtemas para orientar os estudos e as pesquisas que embasarão as oficinas temáticas realizadas com os jovens:

  • Desigualdades socioeconômicas
  • Violências por motivo étnico-racial
  • Direitos às identidades e à diversidade cultural

 *Conforme o Texto-Base do PJ Minas 2019

 

 

 

 

 

Subtema 1: Desigualdades socioeconômicas

A realidade brasileira mostra que o acesso das pessoas à educação, saúde, trabalho e moradia se dá de forma diferente, quando observamos os indicadores sociais de segmentos étnico-raciais. Negros e pardos estão em posição extremamente desvantajosa.

Observe apenas algumas estatísticas* e comprove:

  • 9,3% dos analfabetos no País são pretos ou pardos e 4%, brancos. 60% das pessoas de cor preta ou parda não completaram o ensino médio, e 9,3% delas têm ensino superior completo.
  • Dos 13 milhões de desempregados no País, no 3º trimestre de 2017, 63,7% eram pretos ou pardos.
  • O rendimento médio dos trabalhadores brancos é de R$ 2.814,00. Os pardos recebem R$ 1.606,00 e os pretos, R$ 1.570,00.

*Dados do IBGE (2017).

Reconhecer o caráter estrutural do racismo na sociedade brasileira e estabelecer uma agenda positiva para o seu enfrentamento são condições necessárias para a sua superação.

 Conforme o Texto-Base do PJ Minas 2019

 

Subtema 2: Violências por motivo étnico-racial

"A mais terrível de nossas heranças é esta de levar sempre conosco a cicatriz de torturador impressa na alma e pronta a explodir na brutalidade racista e classista." (Darcy Ribeiro)

Negros e diferentes povos e etnias brasileiras são estereótipos presentes em comentários jocosos e xingamentos ou, ainda, em expressões reveladoras de preconceito. Se já não falamos, com certeza muitas vezes ouvimos frases do tipo "a coisa está preta", "estou com inveja branca (a boa)" ou "programa de índio".

Para além dos discursos e narrativas, temos estatísticas que atestam as violências por motivo étnico-racial. E elas são muitas! Por exemplo, o risco de um jovem negro ser vítima de homicídio é 2,7 vezes maior do que o de um jovem branco. Essa vulnerabilidade juvenil à violência atesta o que muitos denunciam: que a juventude negra é vítima de genocídio no Brasil.

É fundamental, portanto, identificar e reconhecer todas as situações nas quais as violências por motivo étnico-racial são praticadas, para lhes dar um fim, ou antes, diminuí-las.

 Conforme o Texto-Base do PJ Minas 2019

 

Subtema 3: Direitos às identidades e à diversidade cultural

"Por que as religiões de matriz africana são o principal alvo de intolerância no Brasil?"

"Comunidade cigana brasileira sofre com preconceitos e restrição de direitos."

"Vereador questiona atriz após uso de dreads: 'Pra ela é só enfeite, pra gente não'"

"Boicote, racismo, privilégio: atores negros falam sobre os 'critérios artísticos' da Bahia Branca da nova novela da Globo."

"Quem é mulher negra no Brasil? Colorismo e o mito da democracia racial."

"As mil faces do blackface."

"Unidade do Extra usa blackface na Black Friday, é denunciada e pede desculpas."

"Whitewashing: 15 vezes em que Hollywood embranqueceu personagens."

Todas as situações descritas são extraídas de notícias ou de análises sobre o desrespeito a identidades e à diversidade cultural - direitos fundamentais das pessoas e dos grupos sociais.

Saiba mais sobre as potencialidades do estudo desse subtema no Texto Base do PJ Minas 2019.

Vídeos

A TV Assembleia tem vários vídeos que abordam a temática da Discriminação Étnico-Racial, tema do PJ Minas 2019.

Na página da TV Assembleia, pesquise pelos termos "Discriminação", "Racismo" e "Preconceito Racial", para encontrar esse material.

Consulte também:

 

ETAPA PERÍODO DESCRIÇÃO
Preparação 24/8 a 7/12/2018* Os estudantes do ensino médio discutem e escolhem o tema da próxima edição. Representantes responsáveis pelo projeto nas Câmaras ingressantes fazem formação on-line e presencial (na ALMG). Em data posterior, todos os coordenadores dos municípios parceiros participam do Curso de Formação de Coordenadores, também na ALMG.
Implantação 10/12/2018 a 29/3/2019 Câmaras assinam Termo de Adesão ao PJ Minas, elaboram o planejamento das atividades nos municípios, definem quais serão as escolas participantes, mobilizam monitores e demais parceiros, como instituições de educação superior. Lançamento oficial do projeto em cerimônia na Câmara.
Etapa Municipal 7/3 a 21/6/2019 Câmaras mobilizam os monitores e os estudantes do ensino médio das escolas escolhidas, que participam de um programa de formação. Os estudantes realizam a Plenária Municipal, onde discutem e votam um documento de propostas sobre o tema da edição, a ser encaminhado à Câmara. Algumas propostas são priorizadas e encaminhadas ao polo regional.
Etapa Regional 24/6 a 23/8/2019 Em cada polo regional, estudantes discutem, elaboram e votam a priorização de propostas que comporão um documento consolidado do polo, a ser encaminhado à Coordenação Estadual.
Etapa Estadual 4/9 a 8/11/2019 A Coordenação Estadual recebe os documentos de propostas dos polos. As propostas são consolidadas e divulgadas em um documento único, para estudos e debates pelos estudantes. Após os estudos feitos em cada município, os representantes eleitos por seus pares se encontram na Assembleia, para discutir as propostas e elaborar um documento a ser encaminhado à Comissão de Participação Popular da ALMG.O objetivo é propor soluções e encaminhamentos ao Legislativo sobre o tema da edição. A atividade é conduzida pelas equipes da PUC Minas e da Escola do Legislativo e das Áreas de Projetos Institucionais e de Consultoria Temática da ALMG.

*As datas do Calendário de Atividades da Edição 2019 foram validadas pelos coordenadores durante o Curso de Formação de Coordenadores, em dezembro de 2018. Consulte o Calendário Geral do Parlamento Jovem de Minas 2019.

Consulte a composição dos polos regionais.


Vamos falar sobre...Parlamento Jovem de Minas - Volume 1 - Educação em Rede
(Publicação elaborada pela Escola do Legislativo da Assembleia de Minas, coordenadora estadual do PJ Minas).


Discriminação étnico-racial - Texto base

Calendário e Regulamento

Preparação

Implantação

Folder e Cartilha sobre o Facebook

Glossários do PJ Minas
  • Glossário de Termos do PJ Minas
    26 verbetes que explicam as etapas, as plenárias, os diversos tipos de documentos da edição e os termos usados nas plenárias do projeto.


CURSO PERÍODO DE REALIZAÇÃO DESCRIÇÃO INSCRIÇÃO
É você que faz política
Veja exposição on-line
13/3 a 19/8/2018 Refletir sobre o termo política, sua função na organização da sociedade e o papel de cada cidadão no exercício político cotidiano. 13/3 a 13/8/2018
Plataforma de educação a distância
Linguagem e Parlamento: produção textual oral e escrita 8/4 a 19/8/2018 Desenvolver a oralidade para a discussão de propostas nas plenárias do Parlamento Jovem de Minas. Redigir propostas para o Legislativo com clareza, coesão e objetividade. 8/4 a 13/8/2018
Plataforma de educação a distância
Dinâmica dos Grupos de Trabalho e da Plenária na Etapa Estadual 8/4 a 19/8/2018 Conhecer a organização e o funcionamento dos Grupos de Trabalho e da Plenária na Etapa Estadual do Parlamento Jovem de Minas. 8/4 a 13/8/2018
Plataforma de educação a distância

O Programa de Formação On-line tem como público preferencial coordenadores, monitores e estudantes do ensino médio do PJ Minas, porém é aberto a qualquer interessado que queira participar.

Para participar dos estudos e debates, é preciso acessar a plataforma de Educação a Distância (EaD) da Escola do Legislativo da Assembleia de Minas.

  • Usuário já cadastrado na plataforma EaD: ir à página principal do curso desejado, onde está o link para a inscrição.
  • Usuário sem cadastro na plataforma EaD: cadastrar-se na tela principal da plataforma para, então, se inscrever no curso desejado.

Plataforma de Educação a Distância


O Kit de Comunicação é um conjunto de peças e documentos reunidos pelos profissionais de comunicação da ALMG com o objetivo de facilitar para as Câmaras Municipais o trabalho de divulgação, mobilização e relacionamento com os públicos do PJ Minas.

Os coordenadores do programa encontrarão:

  • Artes (em pdf) para a produção de materiais gráficos (cartaz, banner, faixa de rua) e outras peças, como camisetas
  • Logomarcas da Assembleia de Minas e do PJ Minas, além da identidade visual 2019 (em resolução para a web e para impressão)
  • Modelo de release (texto informativo para a imprensa), para enviar à imprensa local e regional

Entenda o tema       Notícias, vídeos e campanhas


Modelo de release (texto informativo para a imprensa)
  • Modelo de release sobre o PJ Minas
    (Texto informativo que tem como público-alvo a imprensa, com sugestões de adaptação para contemplar a realidade local e regional).


Divulgação/Mobilização - Peças para materiais gráficos (resolução para impressão)

Divulgação/Mobilização - Peças para materiais gráficos (resolução para web)

Folder sobre o PJ Minas e Cartilha sobre o Facebook


Notícias

26/04/2019

Participantes do PJ Minas podem se inscrever em dois cursos

Capacitações tratam de dinâmicas de grupo e etapa estadual e linguagem e parlamento. Inscrições vão até 13/8.

15/04/2019

Adolescentes trabalhadores da ALMG participam do PJ Minas

Presença de jovens do Núcleo Vida é inédita no projeto; 16ª edição aborda a discriminação étnico-racial.

12/04/2019

Formação política marca Parlamento Jovem de Minas

Participantes do lançamento da edição de 2019 do projeto enfatizaram papel transformador da iniciativa.


Vídeos

26/04/2019

16 anos do Parlamento Jovem de Minas

Lançado em 2004, o PJ Minas é um projeto de educação política voltados aos estudantes do ensino médio, desenvolvido pela...

00:06:09 | (421913kb)

22/04/2019

Identidade dos Jovens Indígenas

O Geração fala de cultura, tradição, identidade e luta numa conversa sobre os povos indígenas. Duas lideranças indígenas...

00:28:50 | (229930kb)

12/04/2019

Parlamento Jovem 2019 é lançado

A Assembleia também lançou, nessa semana, a edição 2019 do Parlamento Jovem, programa que há 16 anos oferece formação po...

00:02:29 | (15987kb)


Áudios

12/04/2019 18:30

Parlamento Jovem 2019 - Programa de formação política e cidadã vai discutir a discriminação étnico-racial

A iniciativa da ALMG, em parceria com a PUC Minas, chega à 16ª edição com a participação de 85 câmaras municipais do interior do estado.

Seu browser não suporta flash player
00:04:06 | Download (3853kb)

28/09/2018 07:00

Câmaras municipais têm até este domingo (30/9) para fazer inscrição no Parlamento Jovem 2019

Na edição do próximo ano, os estudantes vão discutir propostas para combater o preconceito racial.

Seu browser não suporta flash player
00:03:20 | Download (3093kb)

20/09/2018 17:29

Parlamento Jovem 2019 vai debater o preconceito racial

O tema foi escolhido pelos participantes da edição 2018 do projeto de formação cidadã da ALMG, PUC Minas e Câmaras Municipais.

Seu browser não suporta flash player
00:02:25 | Download (2275kb)

 

ALMG nas redes sociais