Em sua 10ª edição, o Parlamento Jovem de Minas debateu o tema "Cidades Sustentáveis - Desafio para as Novas Gerações". A programação da etapa estadual foi de 21 a 23/8/2013. Nessas datas, foi debatido e votado o Documento de Propostas resultante da etapa municipal.
Conheça as câmaras municipais e as escolas participantes.
Veja os blogs criados pelas câmaras parceiras da ALMG e da PUC Minas nesse projeto de educação política.

Documento Final Documento de Propostas


Publicações Recentes
Carregando Carregando posts...

Notícias

20/03/2014

Comissão acolhe propostas do Parlamento Jovem

Sugestões apresentadas em 2013 motivam pedidos de providências a diversos órgãos públicos.

17/03/2014

Comissão aprecia propostas do Parlamento Jovem em 2013

Divididos em três subtemas, os pareceres às sugestões serão analisados pelos deputados nesta quinta-feira (20).

20/12/2013

Assembleia amplia presença no interior em 2013

O Poder Legislativo percorreu todas as regiões do Estado para promover debates e colher sugestões da população.


Vídeos

23/08/2013

Estudantes aprovam documento final do Parlamento Jovem Minas

O encerramento do Parlamento Jovem Minas foi na tarde de sexta-feira (23.08) no Plenário da Assembleia. Os estudantes vo...

00:02:23 | (17687kb)

23/08/2013

Parlamento Jovem Minas completa 10 edições

A participação dos jovens nas últimas manifestações que tomaram conta do país demonstra que eles estão antenados nos pr...

00:03:57 | (20614kb)


Áudios

21/03/2014 17:45

Órgãos e entidades vão receber propostas elaboradas no Parlamento Jovem 2013

O projeto da ALMG reuniu cerca de 800 alunos de escolas públicas que elaboraram o documento com 18 sugestões sobre cidades sustentáveis.

00:02:33 | Download (1795kb)

10/10/2013 17:45

Estudantes entregam documento final do Parlamento Jovem 2013

As 18 propostas aprovadas serão analisadas pela Comissão de Participação Popular e podem originar ações legislativas.

00:02:58 | Download (2087kb)



Facebook do Parlamento Jovem de Minas
Instagam do Parlamento Jovem de Minas

Edições do Parlamento Jovem

Perguntas Frequentes

  • O que é o Parlamento Jovem de Minas e quais são os seus objetivos?

    O Parlamento Jovem de Minas é um programa de formação política e educação legislativa que visa ao empoderamento dos estudantes do ensino médio para que eles desenvolvam ações sociais e políticas, sobretudo aquelas que proporcionam uma interlocução com o Legislativo.
    Organizado em uma ampla rede de educação legislativa, integrada  pela Assembleia de Minas e pelas Câmaras Municipais e seus parceiros, o programa realiza um projeto anual no qual os jovens escolhem um tema de relevância social a ser trabalhado nos municípios integrantes da edição e encaminham propostas de ação legislativa às Câmaras Municipais e à ALMG.
    Leia mais

  • Como é desenvolvido o Parlamento Jovem de Minas?

    O projeto é desenvolvido e coordenado pela ALMG, através da Escola do Legislativo, em parceria com as Câmaras. É realizado em três etapas:
    - Municipal, que acontece nos municípios participantes, sob coordenação das Câmaras
    - Regional, que acontece em uma cidade-polo da região, sob a coordenação da Câmara do município polo
    - Estadual, que ocorre em Belo Horizonte, coordenada pela Assembleia Legislativa

  • Quem pode participar do projeto?

    Câmaras municipais convidadas pela ALMG, a partir de manifestação de interesse.

  • Como as Câmaras podem participar?

    O pré-requisito é que a Câmara interessada já ofereça atividades de educação para cidadania ou esteja comprometida com um programa visando desenvolvê-las. Confirmada a participação, a Câmara já se prepara desde o ano anterior, acompanhando algumas atividades do projeto, definidas pela Coordenação Estadual. Para saber mais, fale com a Escola do Legislativo.

  • Como posso inscrever minha escola?

    O processo de seleção das escolas públicas e particulares interessadas em participar do PJ Minas é feito pelas Câmaras Municipais, parceiras da ALMG nesse projeto. As Câmaras mobilizam outros parceiros e escolas de nível médio e superior da cidade. Para saber mais, fale com a Escola do Legislativo ou procure a Câmara de sua cidade.