Pronunciamento

Discurso

Autor:
DEPUTADO PAULO GUEDES

Data: 03/12/2014   Hora: 09:00


Partido:
PT


Tipo:
Discurso


Resumo:
Em resposta ao pronunciamento do deputado João Leite, informa que sua prestação de contas de campanha eleitoral está disponível para consulta e não apresenta irregularidades. Comenta a derrota do Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB – na região do Norte de Minas, nas eleições do ano de 2014.


Assunto:
ELEIÇÕES.
REPRESENTAÇÃO POPULAR.


Reunião:
Tipo: EXTRAORDINÁRIA Número: 17 ª Data: 03/12/2014 Hora: 09:00


Legislatura: 17 ª Sessão Legislativa: 4 ª Tipo da Sessão: ORDINÁRIA


Publicação: Diário do Legislativo em 06/12/2014 Pág: 62 Col: 1


17ª REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 4ª SESSÃO LEGISLATIVA ORDINÁRIA DA 17ª LEGISLATURA, EM 3/12/2014

Palavras do deputado Paulo Guedes


O deputado Paulo Guedes - Inicialmente, Sr. Presidente, quero perguntar ao deputado que acaba de usar a palavra: qual é a acusação que V. Exa. faz sobre o processo eleitoral em Minas Gerais, especialmente no Norte de Minas, onde vocês foram derrotados em várias cidades? Em algumas delas, administradas pelo próprio PSDB, a presidenta Dilma teve mais de 88% dos votos.

Gostaria de dizer, deputado João Leite, em primeiro lugar, que o Norte de Minas deu ao PSDB e ao grupo do Aécio uma resposta muito clara. Isso não aconteceu somente agora. Se vocês pesquisarem o resultado de quatro anos atrás, o Anastasia, quando foi candidato a governador e venceu as eleições, foi derrotado em quase todas as cidades do Norte de Minas, região que foi simplesmente retirada do mapa pela administração de vocês em 12 anos no Estado. Foram 12 anos de exclusão, 12 anos sem obras, 12 anos sem nenhuma esperança. Para o Norte de Minas, o governo do PSDB só mandou sacos de maldade. Para lá mandou os fiscais do DER perseguir os taxistas. Para lá mandou toda a tropa de choque do IEF perseguir e aplicar multas abusivas aos produtores da nossa região. Para lá vocês mandaram só as migalhas, porque lá não chegou nada. Montes Claros, capital do Norte de Minas, deputado João Leite, em 12 anos de governo de vocês, não ganhou nenhuma obra de relevância. Aqui há vários deputados da região que podem testemunhar isso. Posso perguntar aos deputados Carlos Pimenta, Gil Pereira, Arlen Santiago e Tadeu Martins Leite qual foi a obra de relevância que Aécio Neves e Anastasia fizeram em Montes Claros nesses 12 anos. Nenhuma. Prometeram construir o hospital do trauma, mas deixaram todos traumatizados, porque o hospital não saiu. Enfim, foi um governo pífio, um verdadeiro desgoverno para a nossa região. Por isso eles estão sentindo o golpe da derrota.

Deputado Sávio Souza Cruz, como todos sabemos, a Andréa determina, manda que editoriais de jornais achincalhem as pessoas que foram consagradas nas urnas democraticamente pelo povo do Norte de Minas e de outras regiões do Estado. Não tenho, deputado João Leite, medo de nenhuma denúncia, de nenhuma investigação, porque sou um homem honrado. V. Exa. e os demais deputados desta Casa conhecem a minha origem, sabem de onde vim, sabem de quem sou filho. Tenho muita honra em dizer que nasci em São João das Missões, no Norte de Minas, ao lado da aldeia dos índios xacriabás, filho de família humilde, pobre. Trabalhei na roça, trabalhei em tudo o que você possa pensar. Tudo o que consegui na minha carreira política foi com luta, determinação e honradez. Portanto, não é um jornal, não é o Hoje em Dia, não é nenhum jornaleco que vai apagar a estrela de uma pessoa que vive no dia a dia a luta do povo da minha região. O Norte de Minas conhece Paulo Guedes, o Norte de Minas me conhece. Que não me venha a Sra. Andrea Neves determinar que esse ou aquele jornaleco denigra a imagem de uma pessoa que sempre lutou pelos interesses de sua região. Vou continuar lutando, doa em quem doer. Podem espernear, podem tremer, podem fazer o que quiserem mas, da tribuna desta Casa, não vão retirar este homem simples, este pé rachado, este homem que não foge à luta, este homem que cresceu vendo a mãe carregar água na cabeça, este homem que nem o tacho de sabão lhe tirou a vida e o direito de continuar lutando. Por isso, deputado João Leite, ninguém vai calar-me, muito menos a imprensa de Minas Gerais. Não temo nada, não temo nenhuma investigação. Estão abertas as minhas contas, o meu sigilo bancário, telefônico e fiscal para a Polícia Federal e para quem quiser. Quem não deve não teme. Não devo nada a ninguém. Corre sangue nessas veias, sangue de trabalhador, de homem que não foge à luta. Por isso, está dado o recado a V. Exa. e a quem interessar.



Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Perguntas Frequentes

  • Que pronunciamentos estão disponíveis no portal?

    Estão disponíveis os pronunciamentos de deputados feitos nas reuniões de Plenário e em eventos institucionais como seminários legislativos, fóruns técnicos e ciclos de debates. Podem-se pesquisar declarações de voto; discursos e apartes; questões de ordem; e decisões do presidente da Assembleia sobre os trabalhos legislativos.
    Também estão disponíveis pronunciamentos feitos por palestrantes, debatedores e demais participantes nos eventos citados.
    O resultado de pesquisa exibe pronunciamentos integrais a partir de 2001. Dados referenciais estão disponíveis desde 1988.

  • Quando os pronunciamentos estão disponíveis para consulta no portal?

    Os pronunciamentos estão disponíveis para consulta no dia seguinte ao de sua publicação no diário oficial do Estado.

  • Os pronunciamentos são editados antes de serem liberados?

    Os pronunciamentos não são editados. O que é feito, ao final das reuniões do Plenário, é a revisão e a montagem das notas taquigráficas dos discursos.

Veja também