Consulte
Concursos Encerrados

Concursos Públicos

Concursos Encerrados


Concurso - Edital 1/2007

Encerrado
Estatísticas do Concurso
Informações Gerais

Organizadora: Fundep

Período de validação da inscrição / cadastro:
de 18/12/2019 a 14/2/2020


Documentos publicados

  • Nomeações
    Resultados
    Decisões e Avisos

    Edital e Anexos
    Provas e Gabaritos
    Erratas

Mostrando de 1 a 10 de 258 resultados

  • Publicado em: 31/03/2021
    Nomeação de candidatos - Consultor Legislativo / Área VII (Desenvolvimento Social e Defesa Social)
  • Publicado em: 23/09/2020
    Homologação do resultado final
  • Publicado em: 10/09/2020
    Resultado da classificação final - Especialidade: Consultor Legislativo, Área VII - Desenvolvimento Social e Defesa Social
  • Publicado em: 10/09/2020
    Resultado de recurso contra classificação - Especialidade: Consultor Legislativo, Área VII - Desenvolvimento Social e Defesa Social
  • Publicado em: 11/08/2020
    Resultado da classificação após análise de recursos da 3ª etapa - Especialidade: Consultor Legislativo/Área VII (Desenvolvimento Social e Defesa Social)
  • Publicado em: 11/08/2020
    Resultado de recursos da 3ª etapa - Especialidade: Consultor Legislativo/Área VII (Desenvolvimento Social e Defesa Social)
  • Publicado em: 05/05/2020
    Resultado - 3ª Etapa - Especialidade: Consultor Legislativo/Área VII: Desenvolvimento Social e Defesa Social
  • Publicado em: 31/01/2020
    Prorrogação de prazo de validação de inscrição / cadastro
  • Publicado em: 30/01/2020
    MINAS GERAIS, Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social/Subsecretaria de Assistência Social. Plano Estadual de Regionalização dos Serviços de Proteção Social Especial de Média e Alta Complexidade. Belo Horizonte. 2015.
    Versão em PDF | 2554 kb
  • Publicado em: 14/01/2020
    Banca examinadora - Divulgado em 21/12/2019

páginas 1/26
Ir Para


Veja também

  • Diário do Legislativo

Perguntas Frequentes

  • Quais as formas de contratação de funcionários na ALMG?

    O ingresso na Assembleia de Minas se dá por meio de aprovação em concurso público, conforme prevê a legislação. Por se tratar de instituição pública, a ALMG não se utiliza dos mesmos processos de seleção a que recorrem as empresas privadas, não sendo possível, portanto, a contratação por meio de envio de currículo.
    Na área parlamentar, é o deputado quem escolhe seus funcionários, que ocupam cargos em comissão de recrutamento amplo, de livre nomeação e exoneração.

  • Quando a ALMG faz concursos e como define cargos e vagas?

    Não existe uma periodicidade definida para a realização de concursos públicos na Assembleia de Minas. Os critérios que definem os cargos e número de vagas a serem ocupados se pautam pela necessidade e conveniência da administração em fazer novas contratações, observados os limites impostos pela Lei de Responsabilidade de Fiscal.

  • O classificado em concurso como excedente pode ser nomeado?

    Os candidatos excedentes, classificados além do número de vagas previstas no edital de um concurso público, podem ser nomeados de acordo com a necessidade e conveniência da Assembleia de Minas. Não há, entretanto, nenhuma garantia ou previsão de quando esses candidatos serão chamados.

  • Quem é o responsável por organizar os concursos da ALMG?

    Devido à abrangência e complexidade do concurso público, a Assembleia de Minas tem optado por contratar empresa especializada na elaboração das provas e na condução da parte operacional. A contratação pode ser feita através de licitação ou esta pode ser dispensada, a exemplo dos últimos concursos realizados.
    Há ainda casos em que a Assembleia de Minas compõe bancas de seleção interna, devido à especificidade da função a ser exercida, como nos cargos de procurador e de consultor de determinadas áreas. Ao realizar um concurso público, a ALMG também forma uma comissão de servidores para coordenar e supervisionar o processo.

  • Quem elabora e corrige as provas dos concursos da ALMG?

    Os responsáveis por elaborar e corrigir as provas são os integrantes das bancas examinadoras, cuja composição fica a cargo da empresa contratada para conduzir o processo de seleção dos candidatos. Em alguns casos, a especificidade dos cargos da Assembleia de Minas exige que as provas sejam elaboradas e corrigidas por bancas internas, compostas por servidores da ALMG.