Concursos Públicos

Atenção
CONCURSO - EDITAL 1/2007
Em cumprimento da decisão judicial constante no processo nº 5333092-81.2009.8.13.0024, será realizada, no dia 16 de fevereiro de 2020, às 8 horas, a 3ª (terceira) etapa do concurso público destinado ao provimento de 3 (três) cargos de Analista Legislativo na especialidade de Consultor Legislativo (Área VII – Desenvolvimento Social e Defesa Social).
Saiba mais pelo edital Nº 1/2019

Concursos Encerrados


Concurso - Edital 1/2013

Encerrado
Último documento publicado em
26/09/2018
Ver todos os documentos
  • Publicado em: 26/09/2018
    Nomeação de candidatos - Analista de Sistemas - Área I (cód. 101), Analistas de Sistemas - Área II (cód. 102), Analistas de Sistemas - Área III (cód. 103); Consultor Administrativo (cód. 201), Dentista (cód. 401), Engenheiro Eletricista (cód. 601), Relações Públicas - Área I (cód. 701), Relações Públicas - Área II (cód. 702)

  • Informações Gerais

    Organizadora: Fumarc

    Período das inscrições:
    2/12/2013 a 2/1/2014, no site da Fumarc

    Realização das provas:
    1ª etapa: 2/2/2014
    2ª etapa: 23/3/2014
    3ª etapa (prova de títulos): 2 a 4/6/14

    Edital: 1/2013

    Valor das inscrições:
    R$ 115,00 (cento e quinze reais)




    Concurso - Edital 1/2007

    Encerrado
    Último documento publicado em
    05/05/2020
    Ver todos os documentos
  • Publicado em: 05/05/2020
    Resultado - 3ª Etapa - Especialidade: Consultor Legislativo/Área VII: Desenvolvimento Social e Defesa Social

  • Informações Gerais

    Organizadora: Fundep

    Período de validação da inscrição / cadastro:
    de 18/12/2019 a 14/2/2020





    Veja também

    • Diário do Legislativo

    Perguntas Frequentes

    • Quais as formas de contratação de funcionários na ALMG?

      O ingresso na Assembleia de Minas se dá por meio de aprovação em concurso público, conforme prevê a legislação. Por se tratar de instituição pública, a ALMG não se utiliza dos mesmos processos de seleção a que recorrem as empresas privadas, não sendo possível, portanto, a contratação por meio de envio de currículo.
      Na área parlamentar, é o deputado quem escolhe seus funcionários, que ocupam cargos em comissão de recrutamento amplo, de livre nomeação e exoneração.

    • Quando a ALMG faz concursos e como define cargos e vagas?

      Não existe uma periodicidade definida para a realização de concursos públicos na Assembleia de Minas. Os critérios que definem os cargos e número de vagas a serem ocupados se pautam pela necessidade e conveniência da administração em fazer novas contratações, observados os limites impostos pela Lei de Responsabilidade de Fiscal.

    • O classificado em concurso como excedente pode ser nomeado?

      Os candidatos excedentes, classificados além do número de vagas previstas no edital de um concurso público, podem ser nomeados de acordo com a necessidade e conveniência da Assembleia de Minas. Não há, entretanto, nenhuma garantia ou previsão de quando esses candidatos serão chamados.

    • Quem é o responsável por organizar os concursos da ALMG?

      Devido à abrangência e complexidade do concurso público, a Assembleia de Minas tem optado por contratar empresa especializada na elaboração das provas e na condução da parte operacional. A contratação pode ser feita através de licitação ou esta pode ser dispensada, a exemplo dos últimos concursos realizados.
      Há ainda casos em que a Assembleia de Minas compõe bancas de seleção interna, devido à especificidade da função a ser exercida, como nos cargos de procurador e de consultor de determinadas áreas. Ao realizar um concurso público, a ALMG também forma uma comissão de servidores para coordenar e supervisionar o processo.

    • Quem elabora e corrige as provas dos concursos da ALMG?

      Os responsáveis por elaborar e corrigir as provas são os integrantes das bancas examinadoras, cuja composição fica a cargo da empresa contratada para conduzir o processo de seleção dos candidatos. Em alguns casos, a especificidade dos cargos da Assembleia de Minas exige que as provas sejam elaboradas e corrigidas por bancas internas, compostas por servidores da ALMG.