Notícias

Na tarde de 25 de janeiro de 2019, uma avalanche de lama e rejeitos encobriu centenas de vidas e histórias. Em Brumadinho e região, um ano depois do rompimento da Barragem da Mina do Córrego do Feijão, da empresa Vale, os atingidos pela tragédia ainda tentam se reerguer em meio à dor e ao desejo de justiça. O episódio mobilizou a aprovação, na ALMG, de uma legislação mais rígida sobre barragens. Também foi instaurada uma CPI, que produziu uma série de recomendações, que agora têm seu cumprimento monitorado por um grupo de trabalho.


Notícias

23/01/2020

Grupo participa de ações que marcam primeiro ano da tragédia

Parlamentares que integram grupo de trabalho da Assembleia de Minas estarão presentes às atividades do próximo dia 25.
Compartilhe:
Twitter Facebook
22/01/2020

Tragédia destrói o modo de vida de moradores em Brumadinho

Além de conviver com a dor pela perda de amigos e parentes, agricultores e comerciantes sentem o impacto nos negócios.
Vídeo
Compartilhe:
Twitter Facebook
21/01/2020

Dor e amor mobilizam familiares das vítimas de Brumadinho

Parentes lutam pelo resgate dos 11 corpos que ainda restam sob a lama e exigem a punição dos responsáveis pelo crime.
Vídeo
Compartilhe:
Twitter Facebook


Legislação Relacionada

Lei 23291, de 25/02/2019
Institui a política estadual de segurança de barragens.

facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter

Infográficos

Veja um comparativo entre a versão proposta pelo Governo e a versão aprovada pela ALMG.