Notícias

21/03/2018

Educação é apontada como saída para violência contra mulher

Em reunião na Direitos Humanos, participação efetiva das mulheres na política também é considerada uma solução.

13/03/2018

ALMG pretende fazer balanço sobre o Dia da Mulher

Evento, realizado na Praça Sete, no último dia 8, será tema de audiência pública de comissão extraordinária.

Realizado

Mulheres na luta: resistência, poder e democracia
Início: 05/03/2018 Término: 08/03/2018

Programação especial gratuita para marcar o dia de fortalecimento da luta pelos direitos das mulheres. Evento coletivo, com participação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, por meio da Comissão Extraordinária das Mulheres, e de coletivos e entidades ligados às causas femininas.

Receba notícias por e-mail
Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Programações do Circuito Integrado

Dia 5 de março
18 às 20 horas - Escola do Legislativo
Primeiro encontro do ciclo de palestras e debates "Mulheres na política: história, lutas, conquistas e perspectivas"
Carga horária: 16 horas (8 encontros de 2 horas) - VAGAS ESGOTADAS

Dia 6 de março
A partir das 9 horas - Praça da Assembleia
Acampamento das mulheres do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) pela aprovação da Política Estadual de Tratamento dos Atingidos por Barragens e Outros Empreendimentos.

7 de março
8 às 18 horas - Praça da Assembleia
. Frente Brasil Popular - Mulheres na luta: por soberania, autonomia e democracia - Acesse a programação completa
. Bordadeiras do MAB na ALMG
. Roda de conversa com as mulheres rurais sobre o tema: "Às Mulheres, Todos os Direitos: Nenhum a Menos" - Secretaria de Estado de Direitos Humanos (Sedpac)
. Tenda da Secretaria de Mulheres do PT/MG com oficinas, debates e apresentações culturais - Secretaria de Mulheres do PT/MG

(a definir)
. Noite cultural Mulheres na luta

 PROGRAMAÇÃO DO DIA 8 DE MARÇO - PRAÇA SETE (sujeita à alteração)


HORÁRIO ENTIDADE ATIVIDADE
10 horas Polícia Militar Quarteto Musical (viola, violinos e violoncelo)
10h15 às 10h50 ABERTURA OFICIAL
Audiência pública "Mulheres na luta por direitos: resitência, poder e democracia"
Comissão Extraordinária das Mulheres e convidadas: vereadora Áurea Carolina; vereadora Cida Falabella; secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Cristina Rocha; secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares; Indira Xavier, do Movimento de Mulheres Olga Benário e Casa Tina Martins; representante do Parlamento Jovem de Minas
10h50 às 11 horas MOBSPBH Grupo Teatral da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania (SMASAC)
11 às 11h15 Diretoria de Políticas Públicas para as Mulheres da PBH
Centro de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Benvinda)
Apresentação da Diretoria de Política para as Mulheres - PBH
Fala institucional do Benvinda – divulgação e explicação dos serviços prestados e panfletagem/explicação aos transeuntes.
11h15 às 11h30 Aconchego A superação da mulher portadora do câncer nos aspectos emocional e físico
11h30 às 11h50 Defensoras Populares Atuação como defensoras populares e a importância dessa iniciativa da defensoria pública.
11h50 às 12h25 Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher Espaço aberto para representantes de todas as entidades que compõem a Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres
12h25 às 12h30 Associação das Caminhantes da Estrada Real - ACER Grupo de mulheres que abraçaram projeto de proteção ao meio ambiente e o plantio de árvores no entorno da Estrada Real e outros municípios de Minas, com algumas atividades em acordo de cooperação com o Governo de Minas.
12h30 às 13 horas Frente Brasil Popular Fala sobre a organização e a luta das mulheres ao longo dos anos, de maneira lúdica, trazendo o projeto das "Mulheres Cabulosas da História".
13h às 13h30 Microfone aberto As mulheres e suas lutas (espaço de acolhimento)
13h30 às 14h10 Rede Feminista Nacional de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos Defesa dos Direitos sexuais e reprodutivos no contexto capitalista.
14h10 às 14h20 Associação Mães que Informam (AMI) Oficina de Turbante (ao longo do evento)
Mãe de pessoa com deficiência sim, mas mulher também: como cuidar sem esquecer de si.
14h20 às 14h40 Conselho Regional de Psicologia (CRP)

Mulheres e Violência Psicológica
14h40 às 15h15 #PartidA MG Roda de Conversa: "Mulheres na Política: reinventar a democracia", com a representante da #PartidA MG e professora da UFMG, Marlise Matos.
15h15 às 15h20



Visibilidade Feminina Fala sobre visibilidade/invisibilidade das mulheres e suas pautas, sobre a necessidade de ocupar mais cargos de liderança e ter maior participação nas tomadas de decisões que afetam a vida de todos.
15h20 às 15h50 Subsecretaria de Políticas para as Mulheres e Coordenadoria de Diversidade Sexual da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e cidadania (Sedpac) "Às mulheres, todos os Direitos. Nenhum a menos" - Conversa sobre os direitos das mulheres na perspectiva das mulheres negras, ciganas, indígenas, quilombolas, jovens, cis, trans, bisexuais, lésbicas, adolescentes, deficientes, idosas e de assentamentos, conforme a estrutura das Subsecretarias da  Sedpac.
15h50 às 16 horas Fórum Estadual das Mulheres Trabalhadoras das Centrais Sindicais CTB: Valéria Morato
Nova Central: Heloísa
CESP: Joelisia
SINDISEP: Maria Aparecida
Vigilantes/MG: Vera
Força Sindical: Kelli
Associação dos Aposentados: Claudete
Intersindical Químicos: Andreia
16 horas às 16h10 Conselho de Igualdade Racial Mulheres Negras, Indígenas e Ciganas
16h10 às 16h40 Coordenação Nacional de Entidades Negras (Conen) O aumento da Violência com as Mulheres Negras: Ayana Amorim Ataque as religiões de matriz africana, que traz um grande sofrimento para as mães de santo e demais praticantes das religiões: Makota Celinha
16h40 às 17 horas Frente de apoio ao Movimento de Humanização do Parto e Nascimento Rede de Médicos Populares - Movimento BH pelo Parto Normal Humanização da Assistência ao Parto e Nascimento: ISHTAR/ Bem Nascer/ Doulas /ONGs de Aleitamento Materno e pela Primeira Infância / Sentidos do Nascer / Somos Sofia / Nasce Leonina
17 horas às 17h30 Política de Prevenção à Criminalidade: Programas Mediação de Conflitos e Fica Vivo! "Aulão aberto de  funk" e empoderamento feminino

Fala: "Mulher e periferia"

Os seguintes grupos farão intervenção ao longo do dia na Praça Sete:

Coletivo Linhas do Horizonte – a partir das 10 horas na Praça Sete com participação popular (agenda conjunta com as bordadeiras do Movimento dos Afetados por Barragens (MAB) que estarão acampadas na ALMG e descerão para a Praça Sete.

Movimento do Graal no Brasil – Utilizará o espaço da tenda durante todo o dia com aplicação de uma enquete sobre participação das mulheres na eleição de 2018:  Maria Beatriz de Oliveira

Rede de Educadores de Economia Popular Solidária (REMEEPS/MG) – oficina de cartazes

Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) – exposição de artesãs do PeC permanente no evento

Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) – A Companhia de Polícia Militar Independente de Prevenção à Violência Doméstica: apresentação musical – quarteto composto por mulheres integrantes da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais.

Programa Mediação de Conflitos – Política de Prevenção à Criminalidade – Divulgação do programa como mais uma Rede das mulheres para o acesso a direitos.


Objetivos

http://mulheresdasgerais.com.br/mulheres2013/Marcar o dia de fortalecimento da luta pelos direitos das mulheres.

A programação especial gratuita, entre 5 e 8 de março, é uma construção coletiva, com participação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, por meio da Comissão Extraordinária das Mulheres, e de coletivos e entidades ligados às causas femininas.

Entidades parceiras

Veja a lista das entidades parceiras na preparação e realização do evento.

1. Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
2. Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras de Minas Gerais – Abenfo-MG
3. Associação das Caminhantes da Estrada Real – Acer
4. Associação Mães que Informam – AMI
5. Associação Mineira de Municípios – AMM
6. Associação Mulheres da Vila
7. Casa de Referência da Mulher Tina Martins
8. Central dos Movimentos Populares
9. Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB
10. Central Única dos Trabalhadores – CUT
11. Centro de Apoio à Mulher Benvinda – Cambe – Subsecretaria de Direito e Cidadania da Prefeitura de Belo Horizonte
12. Coletivo Alvorada
13. Coletivo Linhas do Horizonte
14. Coletivo de Mulheres do São Mateus – Contagem
15. Coletivo Vivas
16. Conselho Estadual da Mulher – CEM
17. Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial – Compir
18. Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres de Belo Horizonte – CMDM
19. Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Ribeirão das Neves
20. Conselho Nacional dos Direitos da Mulher – CNDM
21. Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais – 4ª Região
22. Consórcio Regional de Promoção da Cidadania Mulheres das Gerais
23. Coordenação Nacional das Entidades Negras – Conen
24. Coordenadoria de Políticas para Mulheres da Prefeitura Municipal de Nova Lima
25. Coordenadoria Especial de Políticas de Diversidade Sexual de Minas Gerais – Cods
26. Defensoras populares
27. Defensoria Especializada na Defesa dos Direitos da Mulher em Situação de Violência – Nudem
28. Diretoria de Políticas para a Igualdade Racial de Belo Horizonte – Depir
29. Diretoria de Políticas Públicas para Mulheres de Belo Horizonte
30. Federação das Comunidades Quilombolas de Minas Gerais – N'Golo
31. Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais – Fesempre
32. Federação Quilombola de Minas Gerais
33. Fórum de Mulheres do Mercosul – Capítulo Brasil
34. Fórum Estadual das Mulheres Trabalhadoras das Centrais Sindicais
35. Fórum Mineiro de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares
36. Frente Brasil Popular – Minas Gerais
37. Gabinete da Deputada Federal Jô Moraes
38. Grupa Ação e Resistência Radical Feminista – GARRa Feminista
39. Grupo de Trabalho de Mulheres da Economia Popular Solidária de Minas Gerais
40. Grupo Aconchego de Prevenção ao Câncer de Mama
41. Juventude Partido dos Trabalhadores
42. Levante Popular da Juventude
43. Moradia e Cidadania – MG
44. Movimento BH pelo Parto Normal – Humanização da Assistência ao Parto e Nascimento
45. Movimento de Mulheres Olga Benário
46. Movimento de Quem É este Bebê – Mães Órfãs
47. Movimento do Graal no Brasil – Centro da Mulher
48. Movimento Popular da Mulher – MPM
49. Ocupação Carolina Maria de Jesus
50. Odum Orixás
51. Polícia Civil de Minas Gerais – Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência – Demid
52. Polícia Militar de Minas Gerais – Companhia de Polícia Militar Independente de Prevenção à Violência Doméstica
53. Rede Mineira de Educadores de Economia Popular Solidária – REMEEPS
54. Rede de Médicos Populares
55. Rede Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher
56. Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos – Rede
57. Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania – Sedpac
58. Secretaria de Estado de Saúde – Coordenação de Atenção à Saúde das Mulheres e Crianças
59. Secretaria de Estado de Segurança Pública/MG (Supec) – Programa Mediação de Conflitos e Programa Fica Vivo!
60. Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social
61. Secretaria de Mulheres – Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores Minas Gerais
62. Secretaria de Mulheres de Ibirité
63. Sentidos do Nascer
64. Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais – Sinpro
65. Sindicato dos Servidores da Polícia Civil
66. Subsecretaria de Políticas para as Mulheres de Minas Gerais
67. União Brasileira de Mulheres – UBM
68. União Nacional de Estudantes – UNE
69. Visibilidade Feminina
70. #PartidA MG

 

Entenda o evento

Notícias

21/03/2018

Educação é apontada como saída para violência contra mulher

Em reunião na Direitos Humanos, participação efetiva das mulheres na política também é considerada uma solução.

13/03/2018

ALMG pretende fazer balanço sobre o Dia da Mulher

Evento, realizado na Praça Sete, no último dia 8, será tema de audiência pública de comissão extraordinária.

08/03/2018

Lutas femininas marcam o Dia Internacional da Mulher

Atividade realizada nesta quinta-feira (8) reuniu dezenas de pessoas e entidades na região central de Belo Horizonte.


Vídeos

08/03/2018

Mulheres compartilham experiências na Praça Sete

Conheça três histórias de vida que tecidas por lutas e conquistas, alegrias e tristezas.

00:03:41 | (21874kb)

08/03/2018

Reflexões sobre o Dia Internacional da Mulher

Movimentos sociais fizeram várias atividades na Praça Sete, centro de Belo Horizonte, para comemorar a data. A Comissão ...

00:04:02 | (23995kb)

07/03/2018

Arte e mobilização das mulheres

Palestras, debates e oficinas reúnem mulheres de todo o estado na Assembleia.

00:02:56 | (17499kb)



ALMG nas redes sociais