Assembleia Cultural

Espaços Culturais

Galeria de Arte da Assembleia

GALERIA DE ARTE
Tem 250 m² de área útil, com pé direito de 7 metros. É ocupada com exposições de artes plásticas e de artesanato, mostras educativas e culturais que integram a agenda institucional da ALMG, e lançamentos de obras literárias. A galeria oferece 500 convites para as inaugurações e 24 painéis para montagem das exposições.

Anualmente, na segunda semana de novembro, é publicado no Diário do Legislativo edital da concorrência pública para ocupação do espaço com exposições de artes plásticas. Quando não há exposições agendadas, a Galeria de Arte sedia mostras de artesanato, programadas a partir de solicitação de gabinetes parlamentares. Consulte dia e horário das exposições no Calendário de Atividades Culturais.

Funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

 

Entrada do Teatro da Assembleia

TEATRO DA ASSEMBLEIA
Idealizado para ser um dos mais modernos e bem equipados teatros de bolso de Belo Horizonte. Foi projetado pelo arquiteto mineiro Álvaro Hardy e tem capacidade para 145 pessoas, incluindo três lugares para cadeirantes. A ocupação é feita por concorrência pública anual, com edital publicado no Diário do Legislativo. São apresentados espetáculos para crianças e adultos, nas seguintes modalidades: teatro, música, dança, contação de histórias e stand up comedy.

Sobre a concorrência - Os artistas devem se inscrever como pessoa jurídica. A utilização do Teatro pelo artista selecionado é gratuita (sem custos com aluguel dos espaços de camarim, cabine de som, palco e bilheteria). O Teatro oferece ainda equipamentos de eletricidade, iluminação e som.

A programação artística acontece de sexta a domingo. Consulte dia e horário dos espetáculos no Calendário de Atividades Culturais. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro uma hora antes do início dos espetáculos e, em alguns casos, nos postos do Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc). Os demais dias são reservados para eventos institucionais da ALMG, à exceção das segundas, quando ocorre o Programa Segunda Musical, e sextas, quando ocorre o Zás. Saiba mais sobre o Segunda Musical e o Zás.

 

Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira

ESPAÇO DEMOCRÁTICO JOSÉ APARECIDO DE OLIVEIRA
Nome dado à entrada principal do Palácio da Inconfidência, que está voltada para a Praça Carlos Chagas. É formado pelo Hall das Bandeiras, onde está instalada escultura em ferro fundido do artista plástico mineiro Amilcar de Castro; e pelo hall principal, onde fica a Tribuna Popular. Integra o Espaço Político-Cultural Gustavo Capanema.

A escultura de Amilcar de Castro foi instalada no local em 7 de outubro de 1988, para marcar o bicentenário da Inconfidência Mineira e o início dos trabalhos da Assembleia Constituinte. O triângulo dá passagem à representação popular, e o círculo simboliza a aliança da sociedade com o Legislativo.

O nome José Aparecido de Oliveira, dado ao local em 10 de dezembro de 2008, é uma homenagem ao ex-ministro e ex-embaixador, falecido em outubro de 2007. Na Tribuna Popular, há uma placa com a imagem de José Aparecido, produzida pelo artista plástico itabirense Luiz Eugênio Quintão Guerra, o Genin.

O local pode ser reservado por entidades e associações de classe para manifestações, e o sistema próprio de sonorização é acionado mediante solicitação. Não é permitida a entrada de caminhões de som.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Downloads

pdf
Espaço Político Cultural Gustavo Capanema - Normas Gerais de Utilização
download em pdf
| 155 kb

Agenda

Terça-feira, 28 de Março de 2017