Notícias Rss

Para João Vítor Xavier, é absurdo o Independência ter apenas jogos de torcida única
Para João Vítor Xavier, é absurdo o Independência ter apenas jogos de torcida única - Foto: Guilherme Dardanhan
Arnaldo Silva elogiou as ações do novo prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão
Arnaldo Silva elogiou as ações do novo prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão - Foto: Guilherme Dardanhan
Cabo Júlio avaliou que a PM não tem que fazer a segurança interna em evento privado e lucrativo como jogo de futebol
Cabo Júlio avaliou que a PM não tem que fazer a segurança interna em evento privado e lucrativo como jogo de futebol - Foto: Guilherme Dardanhan
27/04/2017 17h01

Oradores - Reunião Ordinária de Plenário de 27/4/17

Avanços em Contagem, depósitos judiciais e promoção no Corpo de Bombeiros são temas abordados pelos parlamentares.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Contagem
Os avanços em Contagem nos quatro primeiros meses de governo do prefeito Alex de Freitas foram citados pelo deputado João Vítor Xavier (PSDB). “Ele fez uma ruptura histórica com um modelo bom para os empresários e ruim para o cidadão”, afirmou, referindo-se ao transporte urbano. Além da redução no valor das passagens, de acordo com o parlamentar, a nova administração implantou o meio-passe estudantil, iniciou o recapeamento da Via Expressa e elaborou um “projeto factível” para ampliação do metrô. Há ainda, segundo ele, avanços na saúde e na educação. Em aparte, o deputado Arnaldo Silva (PR) disse que o prefeito Odelmo Leão também está colocando em ordem a administração em Uberlândia (Triângulo Mineiro). João Vítor Xavier também classificou como “absurda e impensável” a determinação da Polícia Militar de que o Estádio Independência, em Belo Horizonte, poderá ter apenas jogos de torcida única, por questões de segurança. “Nenhum outro estádio no Brasil tem essa proibição”, apontou.

 

Depósitos judiciais
As controvérsias quanto ao saque dos depósitos judiciais pelo Executivo foram levantadas pelo deputado Arnaldo Silva. Segundo ele, a Lei 21.720, de 2015, que trata do tema, teve uma “aprovação prévia” do Tribunal de Justiça (TJMG) e contém dispositivos “de segurança". Um dos artigos, conforme o parlamentar, garante reserva de 25% (depois 30%) dos recursos para pagamento dos alvarás; e outro prevê que, caso não haja dinheiro nesse fundo, o Estado tem que depositar em três dias, sob pena de ter recursos bloqueados em sua conta pelo TJMG. “Se o fundo não foi mantido, alguém descumpriu a lei e temos que apurar esse equívoco, mas também não vejo por que o bloqueio não está sendo feito pelo Tribunal”, argumentou, lembrando as reclamações de cidadãos que não conseguem receber os valores no Banco do Brasil. O deputado voltou a elogiar as ações do novo prefeito de Uberlândia que, segundo ele, está pagando agora o salário de dezembro e o 13º para centenas de servidores municipais.

 

Promoção no Corpo de Bombeiros
O deputado Cabo Júlio (PMDB) fez um alerta contra a possível promoção a coronel do tenente-coronel do Corpo de Bombeiros William da Silva Rosa. Segundo ele, o militar tem histórico de maltratar seus comandados, que desenvolveriam, inclusive, problemas psicológicos. “Se o governador der essa promoção, causará indignação aos deputados e à Comissão de Segurança Pública”, disse. Ele explicou que a comissão fez, em 2016, a seu requerimento, homenagem a 128 bombeiros que atuaram em um incêndio em Santa Luzia (RMBH) durante três dias. “Quem enviou a lista para a ALMG foi a assessoria do Corpo de Bombeiros, mas o tenente-coronel William resolveu agredir a comissão por não ter sido lembrado e enviou um e-mail acusando a Casa de incompetência e sugerindo uma 'homenagem decente'. Se ele faz isso com o Parlamento, imagine com os praças”, destacou. Cabo Júlio também discordou de João Vítor Xavier e afirmou que a PM não tem que fazer a segurança interna em evento privado e lucrativo como jogo de futebol.

 

Consulte os pronunciamentos realizados em Plenário.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

27/06/2017

Pais defendem escolas especiais para alunos com deficiência

Governo do Estado segue diretrizes para inclusão desses estudantes em escolas regulares, medida que tem gerado polêmica.

27/06/2017

Jovens pedem interiorização de fórum técnico

Manifesto entregue à comissão defende que as políticas públicas para a juventude retratem a diversidade de Minas.

27/06/2017

Atos de licitação deverão ser publicados na internet

Objetivo é garantir maior transparência nos processos de compras realizados pelo poder público.

27/06/2017

Plano Estadual de Cultura chega ao Plenário

Proposição define metas e estratégias para políticas públicas na área cultural nos próximos dez anos.

28/06/2017 Boletim da manhã
Seu browser não suporta flash player
00:03:12 | Download (3010kb)

27/06/2017 Pais de alunos com deficiência apontam falhas na inclusão escolar
Seu browser não suporta flash player
00:02:23 | Download (2239kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter