Notícias Rss

O aeroporto tem voos executivos e os previstos no programa Pirma, do governo - Arquivo ALMG
O aeroporto tem voos executivos e os previstos no programa Pirma, do governo - Arquivo ALMG - Foto: Guilherme Bergamini
20/04/2017 14h41 - Atualizado em 24/04/2017 11h40

Audiência debate ampliação de voos no Aeroporto da Pampulha

Reativação de operações interestaduais no local preocupa deputados da Comissão de Desenvolvimento Econômico.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

A Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza, nesta terça-feira (25/4/17), às 10 horas, no Auditório, audiência pública sobre a possibilidade de retorno de voos interestaduais ao Aeroporto Carlos Drummond de Andrade, o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte.

Desde o início deste ano, a Prefeitura da Capital tem manifestado o desejo de retomar operações no aeroporto, que conta apenas com voos executivos e aqueles previstos no Projeto de Integração Aérea Regional (Pirma), do Governo do Estado, que liga 17 municípios mineiros a Belo Horizonte, por meio de aeronaves de pequeno porte.

Moradores do entorno e a concessionária responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Confins (Tancredo Neves) são contrários à medida. O aumento da poluição sonora no local, assim como a redução do movimento no aeroporto internacional, com impactos diretos nos preços de passagens, seriam algumas das alegações.

A Infraero explica que, para receber aeronaves de maior porte, o Aeroporto da Pampulha precisa passar por melhorias de infraestrutura, mas acrescenta que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que já está iniciando os procedimentos de adequação do local.

Ainda de acordo com a Infraero, as atuais limitações de funcionamento fazem com que o Aeroporto da Pampulha dê prejuízo: no ano passado a perda foi de R$ 29 milhões e, no acumulado dos últimos cinco anos, esse montante chega a R$ 100 milhões. Acredita-se que a retomada dos pousos e decolagens possa contribuir para reversão desse quadro.

"Se o Aeroporto da Pampulha for reativado, o de Confins será esvaziado, podendo comprometer sua viabilidade econômica. Incrementar os voos domésticos é uma das prioridades para impulsionar o crescimento do Aeroporto de Confins, aumentando as conexões com todo o País. O assunto deve ser discutido com muita cautela", pondera o deputado Roberto Andrade (PSB), autor do requerimento.

O deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB), que também pediu a audiência, se diz preocupado com a possível reativação do Aeroporto da Pampulha. "Quando se fala em voos de grande porte, realmente não faz sentido investir nos dois aeroportos de Belo Horizonte. Isso colocaria em risco todos os recursos que já foram e ainda serão destinados para o Aeroporto de Confins", destaca.

Antonio Carlos Arantes avalia, ainda, que a Pampulha não atende mais às normas de segurança para esse tipo de demanda, pois a região no entorno do aeroporto está povoada.

Convidados - Foram convidados o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Júnior; o superintendente do Aeroporto Carlos Drumond de Andradede/Pampulha, Mário Jorge Fernandes de Oliveira; o diretor-presidente da BH Airport - Concessionária do Aeroporto Internacional de Confins, Paulo Cesar de Souza Rangel; os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e de Confins, Celso Antônio da Silva; e o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), Lindolfo Coelho Paoliello.

Também são aguadados o vereador Professor Wendel, de Belo Horizonte; o diretor de Planejamento e Alianças da Azul Linhas Aéreas - Barueri/SP, Marcelo Bento Ribeiro; o presidente da Associação de Desenvolvedores do Vetor Norte, Gilson Brito Júnior; o integrante da Associação Pró-Civitas dos Bairros São Luís e São José, Carlos Conrado Pinto Coelho; o integrante da Associação dos Moradores do Bairro Jaraguá, Rogério Carneiro de Miranda; e o integrante da Associação do Bairro Pampulha, Sandra Vidigal.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

27/06/2017

Pais defendem escolas especiais para alunos com deficiência

Governo do Estado segue diretrizes para inclusão desses estudantes em escolas regulares, medida que tem gerado polêmica.

27/06/2017

Jovens pedem interiorização de fórum técnico

Manifesto entregue à comissão defende que as políticas públicas para a juventude retratem a diversidade de Minas.

27/06/2017

Atos de licitação deverão ser publicados na internet

Objetivo é garantir maior transparência nos processos de compras realizados pelo poder público.

27/06/2017

Plano Estadual de Cultura chega ao Plenário

Proposição define metas e estratégias para políticas públicas na área cultural nos próximos dez anos.

28/06/2017 Boletim da manhã
Seu browser não suporta flash player
00:03:12 | Download (3010kb)

27/06/2017 Pais de alunos com deficiência apontam falhas na inclusão escolar
Seu browser não suporta flash player
00:02:23 | Download (2239kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter